Açúcar: após 8 semanas em baixa, preços fecham no azul
Açúcar: após 8 semanas em baixa, preços fecham no azul Açúcar: após 8 semanas em baixa, preços fecham no azul Açúcar: após 8 semanas em baixa, preços fecham no azul Açúcar: após 8 semanas em baixa, preços fecham no azul

Açúcar: após 8 semanas em baixa, preços fecham no azul

4 min de leitura

A sessão da bolsa da bolsa de Nova York da última sexta-feira, 7 de abril, fechou com alta nas cotações do açúcar, devido ainda às especulações com a decisão da Índia de autorizar uma cota de importação de 500 mil […]

por Syngenta Digital
Açúcar: após 8 semanas em baixa, preços fecham no azul Voltar
Açúcar: após 8 semanas em baixa, preços fecham no azul

A sessão da bolsa da bolsa de Nova York da última sexta-feira, 7 de abril, fechou com alta nas cotações do açúcar, devido ainda às especulações com a decisão da Índia de autorizar uma cota de importação de 500 mil toneladas da commodity. No vencimento maio/17, os preços fecharam em 16.77 centavos de dólar por libra-peso, um aumento de 32 pontos. As demais telas também registraram alta.

“Embora o volume anunciado tenha ficado abaixo das expectativas de mercado, alguns analistas avaliam que o país realizará novas autorizações ao longo do ano”, diz ainda a nota publicada no jornal Valor Econômico sobre a importação da Índia.

O diretor da Archer Consulting, Arnaldo Luiz Côrrea, afirma em sua análise semanal que, desde fevereiro, o pregão de Nova York não encerra uma semana com os preços em alta. “De lá para cá, houve um derretimento de 434 pontos, pouco mais de 95 dólares por tonelada de queda. Um jejum de oito semanas como o que foi quebrado nesta sexta-feira”, explicou.

“O desempenho do mercado de açúcar em NY durante o mês de março foi abaixo da estimativa do nosso modelo de previsão de preços. Pelo nosso modelo, o preço médio do fechamento do primeiro vencimento do açúcar no mês de março seria de 19.07 centavos de dólar por libra-peso. A realidade foi mais cruel: o preço médio real foi de 18.06 centavos de dólar por libra-peso. Para o mês de abril e maio, o modelo aponta preços médios de 17,02 e 16,51 centavos de dólar por libra-peso, respectivamente”, completou o artigo de Côrrea.

Em Londres, o preço do açúcar no vencimento maio/17 fechou a sexta-feira com alta de 10,40 dólares, sendo a tonelada vendida a US$ 484,00. A tela agosto/17 fechou em US$ 472,70 a tonelada, valorização de 6,60 dólares. As demais cotações subiram entre 4,10 e 5,60 dólares.

Mercado doméstico

Já no mercado interno, o açúcar fechou a semana desvalorizado. Na sexta-feira (7), a saca de 50 quilos do tipo cristal foi vendida a R$ 73,56, baixa de 0,03%, segundo índices do Cepea/Esalq, da USP.

Fonte: Agência UDOP de Notícias

Leia outras notícias, novidades e curiosidades sobre o universo agro no BlogAcompanhe nossas redes sociais em Facebook, Instagram, LinkedIn e Youtube.

Leia mais da categoria:

Posts
4 min de leitura
Dia do Agricultor-Wagner Ferrero_Fazenda Pântano

Dia do Agricultor: orgulho e paixão pelo campo motivam produtores

Em 28 de julho celebramos o Dia do Agricultor, uma data especial para homenagear os trabalhadores que prestam um dos serviços mais relevantes para a sociedade. Mesmo convivendo com desafios diários, com rotinas pesadas de trabalho no campo, a maioria dos agricultores não […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura
academia digital

Academia Digital treina monitores em pragas e doenças

Com a chegada da nova versão do Cropwise Protector, ferramenta digital de suporte à tomada de decisão, os produtores passam a contar também com uma plataforma de treinamento totalmente online que oferece capacitação em identificação pragas e doenças. Os clientes podem optar pela forma virtual ou presencial, no dia da implantação do software na fazenda. A certificação faz […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura
produção de sementes na era da agricultura digital

Produção de sementes na era da agricultura digital

A produção de sementes é uma atividade desafiadora. Afinal, uma semente comercial precisa atender a altos padrões de qualidade para garantir o sucesso do cultivo. É papel do agricultor acompanhar a lavoura de perto a cada etapa produtiva, combatendo pragas, doenças e plantas invasoras e daninhas. Com soluções de agricultura digital, ele pode monitorar esses problemas ao longo […]

Leia na íntegra