Strider faz sua primeira operação na África
Strider faz sua primeira operação na África Strider faz sua primeira operação na África Strider faz sua primeira operação na África Strider faz sua primeira operação na África

Primeira operação na África

4 min de leitura

Certo dia, o consultor de Tecnologia da empresa austríaca Meri Pobo Agropecuária veio visitar o Brasil. Em sua visita, Felix Valetin conheceu o Grupo Tsuge, nosso cliente e grande produtor de macadâmia e abacate. Felix se encantou com a tecnologia de […]

por Syngenta Digital
Strider faz sua primeira operação na África Voltar
Strider faz sua primeira operação na África

Certo dia, o consultor de Tecnologia da empresa austríaca Meri Pobo Agropecuária veio visitar o Brasil. Em sua visita, Felix Valetin conheceu o Grupo Tsuge, nosso cliente e grande produtor de macadâmia e abacate.

Felix se encantou com a tecnologia de monitoramento fitossanitário utilizada pelo Grupo Tsuge, uma vez que por lá também são cultivadas as mesmas culturas que as de sua fazenda Macs In Moz, em Moçambique. O consultor estava decidido a levar o PROTECTOR para Moçambique, mas precisaria treinar seus funcionários para utilização do software.

Ainda em MG, nas fazendas do Grupo Tsuge, Felix conheceu Roberval de Souza. O Técnico Agrícola acabara de se formar em agronomia e já havia sido treinado pela nossa equipe para utilização do sistema de monitoramento de pragas. Não deu outra: a parceria com Meri Pobo ficou ainda mais forte! Roberval foi morar na cidade de Chimoio e trabalhar para Macs In Moz.

Agora, meses após a implantação do sistema PROTECTOR na fazenda Macs In Moz, os benefícios são visíveis “Todos por aqui estão muito satisfeitos. O principal problema em Chimoio é a falta de mão de obra qualificada, e com o nosso sistema o gerente tem muito mais facilidade e segurança para tomar a decisão final”, afirma Roberval. O agrônomo explica que com maior volume de informações geradas, será possível controlar gastos com defensivos e ensinar à equipe sobre as principais pragas da lavoura. “Todo mundo aprendeu muito rápido, é muito simples, com Strider* não tem erro”, completa.

* A Strider agora é Syngenta Digital. A agtech mineira foi adquirida pela Syngenta em 2018, e a fusão foi concluída dois anos depois. A Syngenta Digital é parceira de milhares de produtores agrícolas pelo mundo por meio de tecnologias de gestão e tomada de decisão.

Leia mais da categoria:

Posts
4 min de leitura

Feira Belasafra: inovações do agronegócio em um só lugar

Pelo menos 8 mil pessoas devem passar pela Feira Belasafra, que apresentará aos produtores de Cambé, no Paraná, ferramentas e serviços que prometem maximizar a produtividade no campo. O evento acontece entre 28 e 31 de janeiro e é promovido […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura
Chuvas carregadas chegam ao campo

Novembro será marcado por chuva nas principais regiões produtoras.

A primavera começou com seca nas principais regiões do Brasil, causando grandes perdas em plantações e no planejamento das safras. Mas o produtor já pode comemorar! A chuva chegou e vem em uma ótima hora para quem está plantando. De […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura

Expansão da cana-de-açúcar no Brasil pode reduzir emissão global de CO2, diz estudo

A expansão da produção de cana-de-açúcar no Brasil para a conversão em etanol poderia reduzir as emissões globais de dióxido de carbono em até 5,6% , diz estudo publicado na “Nature Climate Change” nesta segunda-feira (23). A análise foi coordenada […]

Leia na íntegra