Como plantar milho no quintal? - Syngenta Digital
Como plantar milho no quintal? - Syngenta Digital Como plantar milho no quintal? - Syngenta Digital Como plantar milho no quintal? - Syngenta Digital Como plantar milho no quintal? - Syngenta Digital

Como plantar milho no quintal?

7 min de leitura

A culinária é recheada de pratos que levam milho como ingrediente principal: curau, pamonha,polenta, canjica, bolo e muitos outros. Para quem tem espaço em casa, não dispensa esseingrediente e gosta de cultivar uma horta, é interessante saber como plantar milho […]

por Syngenta Digital
Como plantar milho no quintal? - Syngenta Digital Voltar
Como plantar milho no quintal? - Syngenta Digital
milhos enfileirados plantados no quintal

A culinária é recheada de pratos que levam milho como ingrediente principal: curau, pamonha,
polenta, canjica, bolo e muitos outros. Para quem tem espaço em casa, não dispensa esse
ingrediente e gosta de cultivar uma horta, é interessante saber como plantar milho no
quintal.

Afinal, nada melhor do que colher o milho fresco e já colocar na panela!

Fonte de carboidratos, fibras, minerais (ferro, potássio e cálcio) e vitaminas A e B, essa
hortaliça já está presente na alimentação há mais de 7000 anos. Aliás, povos como Olmecas,
Maias, Incas e Astecas, consideravam o produto um sustento para a vida.

Então, está interessado em conhecer mais sobre essa cultura, qual a melhor época para o
plantio e, especialmente, como plantar milho em casa? Se sim, continue a leitura e tenha todas
as informações que precisa antes de começar.

Qual a melhor época para plantar milho em casa?

Como o milho é uma planta que gosta de calor, a melhor época para plantar no quintal vai
de outubro a dezembro
. Nesse período, os raios solares intensos ajudam no crescimento do
cultivo.

Claro que, esse período pode variar um pouco se você mora em uma região mais alta ou com
muito sol. Por isso, saiba que o vegetal se desenvolve super bem quando a temperatura gira
em torno de 24ºC a 30ºC
e em períodos de chuva (desde que faça sol boa parte do dia).

Tipos de milho para plantar em casa

Quem tem espaço no quintal, pode escolher qual a variedade de milho que deseja plantar.
Em geral, os tipos de milho que são mais utilizados são:

  • Milho de pipoca;
  • Milho verde.
muito milhos de pipoca juntos

Até existem outras espécies de milho, no entanto, elas nem sempre são boas para o consumo
humano ou possuem algumas características que não facilitam o cultivo. Por isso, vale a pena
escolher entre o de pipoca e o verde.

Mas, atenção!

O ideal é plantar apenas uma variedade da hortaliça. Isso porque, como a polinização do pé
ocorre pelo ar, caso existam suas diferentes, pode haver polinização cruzada, o que prejudica o
desenvolvimento das plantas.

Características ideais para plantar milho no quintal

Pois então, o milho é uma planta que gosta de solo mais argiloso, com boa umidade e que
ajude a reter bem os nutrientes. Afinal, trata-se de um cultivo que demanda bastante do solo.

Em relação ao pH, o ideal é que esteja entre 5,5 e 6,8 sendo que a correção pode ser feita com
cal básica ou até mesmo farinha de osso, para diminuir a acidez, se necessário.

A temperatura ideal, conforme dito antes, gira em torno de 30ºC. No entanto, mesmo que goste
de sol pleno, o milho não deve ser plantado em casa quando a temperatura estiver perto dos
40ºC nem se estiver inferior a 15ºC. Isso porque, tanto o clima mais frio quanto o calor
intenso prejudicam a germinação e afetam o crescimento saudável do pé.

Como plantar milho no quintal?

Agora que já entendemos melhor alguns aspectos importantes no cultivo da hortaliça, chegou o
momento de aprender como plantar o milho no quintal. Para não perder nenhum detalhe, anote
o passo a passo completo:

Passo a passo de como plantar milho manualmente

Preparado o solo

Tendo em vista que o milho gosta de solos ricos, você deve preparar a terra com material
orgânico composto, que seja drenado e fértil. Além disso, a área de cultivo no quintal precisa
ficar exposta ao sol pois o milho se desenvolve bem com sol pleno.

Escolha da semente e plantio

Seu segundo passo será fazer covas com cerca de 5 cm de profundidade para inserir as
sementes de milho para plantar em casa. Aqui é o momento de escolher qual a variedade que
vai plantar. Entre um burado e outro você pode deixar espaços de 50 cm.

Depois de colocar as sementes, cubra-as com terra e regue. Em suma, a germinação é bastante rápida, sendo que a planta começa a aparecer após 7 dias, mais ou menos.

Polinização da planta

Para que seja formada a espiga, o milho precisa ser polinizado. Conforme já antecipamos, a
polinização ocorre pelo ar em que o macho (flor) libera o pólen, que vai até a parte fêmea
(espiga).

Por conta dessa característica é que você deve escolher apenas um tipo de milho para plantar
no quintal de casa e deve colocá-los num bloco, com algumas fileiras

Irrigação constante

O milho é um tipo de gramínea que precisa de muita irrigação. Por isso, o ideal é que você
regue os pés com pelo menos 2,5 cm de água por semana. Ademais, tome o cuidado para
regar as plantas na sua base e não sobre as folhas.

A falta de água pode fazer com que a espiga não se desenvolva corretamente, ficando menor e
com os grãos mais duros.

Limpeza do solo

Como as raízes do milho são bem rasas, ficando próximas da superfície, elas são frágeis e
suscetíveis à ação de ervas daninhas e pragas. Dessa maneira, você deve capinar o solo em
volta de onde plantou o milho em sua casa para tirar todos os inços que crescem. Só cuide
para não atingir as raízes ou acabar danificando seu cultivo.

Ao manter esses cuidados em dia, sua horta com milhos terá bem mais chances de crescer
saudável e renderá espigas deliciosas para suas receitas.

Quanto tempo demora para o milho crescer?

Depende muito do clima e das condições de plantio, no entanto, geralmente, um milho cresce
em até 100 dias. Esse período pode ser um pouco menor se tiver bastante sol e solo úmido
para se desenvolver.

Quantos grãos de milho colocar em cada cova?

Ao começar a plantar, surge a dúvida de quantas sementes colocar em cada buraco feito. Então, o ideal é colocar de duas a três sementes por cova. Assim, você garante que ao menos uma consiga se desenvolver adequadamente.

Como saber se o milho está pronto para colher?

Por fim, é chegado o momento da colheita caseira. Para saber quando você pode arrancar as
espigas do pé, o ideal é ir acompanhando a coloração do estigma, que nada mais é do que
aqueles fios de cabelo que saem da espiga.

No início, o estigma é clarinho, contudo, na medida em que a espiga vai ficando madura, vai
adquirindo uma coloração mais escura, ficando bem marrom. Quando chegar nesse ponto é
hora de fazer a colheita do milho.

Para tal, quebre a espiga para baixo e torça na sua base, para que a retirada fique mais fácil.
Em seguida, prepare as espigas da colheita ou coloque no freezer, pois o ideal é consumi-la o
mais rápido possível.

Leia mais da categoria:

Sem categoria
4 min de leitura

O Especialista em Transformação Digital no Controle Certo

A agricultura digital é para todos, mas cada produtor tem necessidades específicas, que precisam ser levadas em conta na adoção de ferramentas como o Cropwise Protector, que dá suporte na tomada de decisão por meio de monitoramento digital e gestão operacional. Por isso, uma […]

Leia na íntegra
Sem categoria
4 min de leitura
Formiga Cortadeira

Monitoramento e Controle de Formigas Cortadeiras

Texto escrito em parceria com o Núcleo de Estudos em Entolomogia da Universidade Federal de Lavras. Autores: Ana Luisa Rodrigues Silva, Thamiris Gabrielle Bibiano, Ana Paula Ananias Antunes, Pedro Henrique Mendes Carvalho, Ronald Zanetti, Rosangela Cristina Marucci. As formigas são insetos pertencentes à […]

Leia na íntegra
Sem categoria
4 min de leitura

A parceria com o Especialista em Transformação Digital

A agricultura digital é para todos, mas cada produtor tem necessidades específicas, que precisam ser levadas em conta na adoção de ferramentas como o Cropwise Protector, que dá suporte na tomada de decisão por meio de monitoramento digital e gestão operacional e […]

Leia na íntegra