Cropwise Imagery: visão aérea e poder de ação na lavoura - Syngenta Digital
Cropwise Imagery: visão aérea e poder de ação na lavoura - Syngenta Digital Cropwise Imagery: visão aérea e poder de ação na lavoura - Syngenta Digital Cropwise Imagery: visão aérea e poder de ação na lavoura - Syngenta Digital Cropwise Imagery: visão aérea e poder de ação na lavoura - Syngenta Digital

Cropwise Imagery: visão aérea e poder de ação na lavoura

4 min de leitura

O sensoriamento remoto tem ganhado cada vez mais importância na agricultura com o incremento no uso de tecnologias digitais. Não é mais necessário percorrer toda a extensão da propriedade rural para avaliar a saúde da lavoura. O monitoramento pode ser […]

por Syngenta Digital
Cropwise Imagery: visão aérea e poder de ação na lavoura - Syngenta Digital Voltar
Cropwise Imagery: visão aérea e poder de ação na lavoura - Syngenta Digital
cropwise imagery

O sensoriamento remoto tem ganhado cada vez mais importância na agricultura com o incremento no uso de tecnologias digitais. Não é mais necessário percorrer toda a extensão da propriedade rural para avaliar a saúde da lavoura. O monitoramento pode ser feito por ferramentas como o Cropwise Imagery, que oferece imagens aéreas do campo, além de análises da vegetação por diferentes tipos de algoritmos. 

O acompanhamento do vigor das plantas pode ser feito à distância, de onde o produtor estiver, por celular, computador ou tablet. Com o acesso a imagens fáceis de interpretar, é possível detectar anomalias e corrigi-las a tempo, diminuindo os prejuízos na produção e aumentando o poder de ação e decisão sobre a lavoura. 

O Cropwise Imagery analisa imagens de satélites, drones, aviões e outras fontes, aplicando os índices que identificam falhas e ajudam na avaliação do vigor das plantas.  

Monitorando a saúde da lavoura 

cropwise imagery

A análise de imagem mais usada e relevante para a agricultura em geral é a de NDVI (Índice de Diferença de Vegetação Normalizada), que dá insumos para insights de estimativa de produtividade, detecção de secas, modelagem hidrológica, mapeamento de culturas e localização de pragas, dentre outros. 

O NDVI faz uma correlação entre a quantidade de luz absorvida pelas lantas e a energia que refletem em determinadas frequências. Quanto mais verde, mais saudável e com maior vigor estão as plantas.  

Já a análise SAVI (Índice de Vegetação Ajustado do Solo) é mais eficiente na identificação de problemas no planejamento e na execução do plantio, pois verifica a biomassa em estágios iniciais da safra. Pode ser usada, por exemplo, com o objetivo de procurar ervas daninhas no pré-plantio ou falhas de plantio. 

Além das imagens com os índices calculados, o Cropwise Imagery fornece acesso à imagem aérea sem tratamento (RGB), essencial no reconhecimento de problemas não relacionados à massa verde das plantas, como proximidade de corpos d’água e presença de nuvens nas imagens. 

Mais poder para tomada de decisão  

cropwise imagery

São inúmeros os benefícios do Cropwise Imagery, que pode ser contratado como um produto avulso, mas também é integrado ao Cropwise Protector. Depois que os dados são carregados, a ferramenta pode ser consultada, inclusive, sem conexão à Internet.    

Detectadas as anomalias, é possível otimizar a utilização de insumos por meio de mapas para aplicação localizada – com ou sem taxa variável – nas áreas necessitadas, além da criação de zonas de manejo de maneira rápida e inteligente. 

A visão aérea de toda a fazenda possibilita ações ágeis contra os problemas, garantindo a operação e mais produtividade. Saiba mais sobre o Cropwise Imagery aqui

Leia mais da categoria:

Posts
4 min de leitura

Mais fôlego para a aviação agrícola mostrar seu potencial

Por Gabriel Colle (Sindag) O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) publicou em abril a Circular nº 18/2018 da Superintendência da Área de Operações Indiretas (SUP/AOI), anunciando a criação do programa BNDES Agro. O documento também comunicou aos agentes […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura

4 curiosidades sobre o impacto do outono na agricultura

Por:  SF Agro | Farming Brasil O outono no Hemisfério Sul teve início às 13h14, na terça-feira (20/03). Nesta data, o ângulo entre o eixo de rotação da terra em relação ao sol é de 90°. Isto significa que o dia […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura

UFSCar e Fundecitrus desenvolvem estudos para controle do inseto transmissor do greening

O greening (huanglongbing/HLB) é a mais destrutiva doença das citriculturas brasileira e mundial. Os últimos dados, de 2017, indicam que o greening está presente em 16,73% das laranjeiras do cinturão citrícola de São Paulo e Triângulo/Sudoeste Mineiro. Em números, são […]

Leia na íntegra