Gêmeo digital: o que é o digital twin da fazenda? - Syngenta Digital
Gêmeo digital: o que é o digital twin da fazenda? - Syngenta Digital Gêmeo digital: o que é o digital twin da fazenda? - Syngenta Digital Gêmeo digital: o que é o digital twin da fazenda? - Syngenta Digital Gêmeo digital: o que é o digital twin da fazenda? - Syngenta Digital

Gêmeo digital: o que é o digital twin da fazenda?

4 min de leitura

Você já deve ter ouvido, no campo, que a agricultura digital é um caminho sem volta. É verdade: em um setor altamente competitivo com consumidores cada vez mais exigentes, cada detalhe pode fazer a diferença. Ou melhor, cada dado. E já é […]

por Syngenta Digital
Gêmeo digital: o que é o digital twin da fazenda? - Syngenta Digital Voltar
Gêmeo digital: o que é o digital twin da fazenda? - Syngenta Digital
gemeo digital

Você já deve ter ouvido, no campo, que a agricultura digital é um caminho sem volta. É verdade: em um setor altamente competitivo com consumidores cada vez mais exigentes, cada detalhe pode fazer a diferença. Ou melhor, cada dado. E já é possível vislumbrar um futuro que em que todas as informações da lavoura estão disponíveis no computador, a um clique. Neste texto, você conhece o conceito de gêmeo digital e as suas aplicações na agricultura.  

O que é gêmeo digital? 

O nome sugere: o gêmeo digital é a réplica exata de algo que existe no mundo físico. Pode ser um negócio, um projeto ou serviço e, é claro, a fazenda também. Mas não se trata apenas de uma planta ou uma planilha repleta de números. Essa cópia digital reúne sistemas dinâmicos e simulações em tempo real. 

Não importa onde o conceito esteja aplicado, o que é comum a todas essas versões digitais é que elas são como uma via de mão dupla em que há um intercâmbio de informações. O virtual abastece o real e vice-versa. 

Quais são as vantagens do gêmeo digital? 

O agricultor já sabe: só é possível minimizar os muitos riscos de uma lavoura com dados confiáveis e análises rápidas. O objetivo? Fazer escolhas melhores.  E é isso que o gêmeo digital oferece. De acordo com o Diretor de Produto da Syngenta Digital, Henrique Prado, o modelo digital facilita projeção de cenários e permite tomadas de decisão mais precisas.   
 
Além disso, ter à mão um modelo virtual da operação agrícola pode trazer outras vantagens: 

  • Revelando problemas operacionais; 
  • Evidenciando falhas no maquinário; 
  • Avaliação remota e em tempo real; 
  • Integração facilitada de plataformas e tecnologias.  

 
O gêmeo digital na agricultura: desafios e tendências 

Amplamente adotado na indústria, o modelo de digital twins ainda está dando os primeiros passos no agro, mas promete mudar o dia a dia do agricultor. “Fazer isso tudo de cabeça, principalmente pensando em grandes áreas, como é o caso no Brasil, seria muito mais difícil. Eu diria que ter a representação digital da sua fazenda é o próximo passo, principalmente para o planejamento agrícola da próxima geração”, afirma Prado, para quem a representação digital da propriedade faz com que o produtor entenda melhor a variabilidade da sua fazenda a partir dos dados, que são armazenados ali e geram relatórios com o passar do tempo. 

Além da questão envolvendo extensão das terras, o setor apresenta ainda outras variáveis. Uma pesquisa da universidade holandesa Wageningen University and Research destacou a existência de sistemas vivos e produtos perecíveis como um fator que deve ser levado em consideração do desenho do gêmeo digital na agricultura. 

Essas são questões que diferenciam a agricultura de outros setores, mas não são impeditivos para que os gêmeos digitais das fazendas ganhem força entre os produtores. Os especialistas de Wageningen avaliam o modelo como promissor, como o próximo grande salto do setor.  

Conclusão 

Para além de todas as vantagens e possibilidades, um gêmeo digital tem o poder de incentivar e aproximar o produtor da sua operação agrícola. “Se ele representa bem o suficiente aquele objeto físico, aquela entidade que existe no mundo real, ele vai te encorajar a pensar em cima dele”, conta Henrique Prado.  


Leia mais da categoria:

Posts
4 min de leitura

Glifosato: 3 aspectos para entendera proibição

O glifosato é um dos herbicidas mais utilizados na agricultura mundial. Por isso a polêmica em torno de sua proibição. A Justiça Federal em Brasília (DF) definiu, no último dia 3 de agosto, um prazo de 30 dias para a […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura
ataque de lagarta

Monsanto sobre ataque de lagarta em lavoura de soja com tecnologia Intacta

Material originalmente publicado no portal Notícias Agrícolas  Recentemente, a Monsanto atendeu ao chamado de um agricultor informando a suposta ocorrência de infestação de Helicoverpa armigera em lavoura de soja com tecnologia Intacta RR2 PRO® na região de Chapadão do Céu (GO). Foi […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura

Como a tecnologia ajuda na certificação RTRS?

A Associação Internacional de Soja Responsável (na sigla em inglês RTRS), é uma  entidade que promove o uso e o crescimento da produção sustentável de soja. Por meio do Padrão RTRS de Produção Responsável (Certificação RTRS), a associação incentiva uma […]

Leia na íntegra