Variedades transgênicas de algodão podem ser aprovadas em 2017 - Syngenta Digital
Variedades transgênicas de algodão podem ser aprovadas em 2017 - Syngenta Digital Variedades transgênicas de algodão podem ser aprovadas em 2017 - Syngenta Digital Variedades transgênicas de algodão podem ser aprovadas em 2017 - Syngenta Digital Variedades transgênicas de algodão podem ser aprovadas em 2017 - Syngenta Digital

Variedades transgênicas de algodão podem ser aprovadas em 2017

4 min de leitura

Os cotonicultores brasileiros aguardam decisão da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) sobre três novas variedades transgênicas de algodão. Caso sejam aprovadas, as variedades chegarão ao mercado ainda em 2017, com tolerância a herbicidas e resistência a insetos, como lagartas. […]

por Syngenta Digital
Variedades transgênicas de algodão podem ser aprovadas em 2017 - Syngenta Digital Voltar
Variedades transgênicas de algodão podem ser aprovadas em 2017 - Syngenta Digital
Detalhe da planta de algodão

Os cotonicultores brasileiros aguardam decisão da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio) sobre três novas variedades transgênicas de algodão. Caso sejam aprovadas, as variedades chegarão ao mercado ainda em 2017, com tolerância a herbicidas e resistência a insetos, como lagartas.

As tecnologias passaram por muitos testes antes de serem submetidas à CTNBio. Ao todo, foram quase 10 anos de pesquisas realizadas e milhões de dólares investidos em cada variedade.

Se aprovadas, as três novas tecnologias chegam ao mercado pelas marcas Bayer (resistente a insetos e tolerante aos herbicidas glifosato e glufosinato de amônio), Dow AgroSciences (resistente a lagartas e tolerante ao glufosinato de amônio) e Monsanto (tolerante aos herbicidas dicamba e glufosinato de amônio).

Nos últimos dez anos, a CTNBio liberou 13 tecnologias transgênicas de algodão, entre elas a Bollgard III x Roundup Ready Flex, tolerante ao herbicida glifosato e resistente a lagartas. Ao todo, a comissão já forneceu resultado favorável para a comercialização de 67 tecnologias geneticamente modificadas, para culturas de soja, milho e algodão.

A reunião, que deve decidir ou não pela aprovação das tecnologias, acontece nos dias 8 e 9 de março. Além disso, a comissão deve decidir ainda sobre a aprovação de duas tecnologias para o milho.

Leia mais sobre o universo agro no Blog da Syngenta Digital e nos acompanhe nas redes sociais em Facebook, Instagram, LinkedIn e Youtube.

Leia mais da categoria:

Posts
4 min de leitura
Lideragro

Lideragro já tem 8 mil hectares no Controle Certo

Disseminar a agricultura digital pelo país exige conhecimento dos benefícios que essas tecnologias podem trazer para a operação das fazendas. Por isso, a Syngenta Digital tem uma equipe de Especialistas em Transformação Digital (ETDs) para uma consultoria especializada no assunto. Os profissionais auxiliam canais de distribuição nas vendas da oferta Controle […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura
lives agro

Lives no agro: cresce demanda por informação na pandemia

A pandemia do novo coronavírus impôs mudanças de comportamento em diversas partes do globo, já que foi preciso adotar protocolos de higiene e medidas de distanciamento social. A situação despertou novos padrões de consumo na população, que passou a procurar […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura
Grãos de café

Como fazer a nutrição e o preparo para colheita do café

O café é uma das bebidas mais apreciadas ao redor do mundo. O grão fornece subsidio para a produção da forma mais tradicional ou com misturas e aromas diferentes. Também pode ser usado para compor doces e até mesmo produtos […]

Leia na íntegra