Telemetria traz agilidade para o tratamento de sementes Industrial - Syngenta Digital Telemetria traz agilidade para o tratamento de sementes Industrial - Syngenta Digital
Telemetria traz agilidade para o tratamento de sementes Industrial - Syngenta Digital
Telemetria traz agilidade para o tratamento de sementes Industrial - Syngenta Digital Telemetria traz agilidade para o tratamento de sementes Industrial - Syngenta Digital Telemetria traz agilidade para o tratamento de sementes Industrial - Syngenta Digital Telemetria traz agilidade para o tratamento de sementes Industrial - Syngenta Digital

Telemetria traz agilidade para o tratamento de sementes Industrial

4 min de leitura

O Tratamento de Sementes Industrial é um processo que envolve tecnologia de ponta e uma equipe multidisciplinar de profissionais. Conhecido como TSI, o processo traz ganhos de produtividade para o agricultor, que dispõe de sementes protegidas por defensivos aplicados com […]

por Syngenta Digital
Telemetria traz agilidade para o tratamento de sementes Industrial - Syngenta Digital Voltar
Telemetria traz agilidade para o tratamento de sementes Industrial - Syngenta Digital
tratamento de sementes industrial
tratamento de sementes industrial

O Tratamento de Sementes Industrial é um processo que envolve tecnologia de ponta e uma equipe multidisciplinar de profissionais. Conhecido como TSI, o processo traz ganhos de produtividade para o agricultor, que dispõe de sementes protegidas por defensivos aplicados com qualidade, de maneira uniforme e, sobretudo, com a dose recomendada.

O processo, que já era inovador, ganha ainda mais dinamismo e rapidez com o uso da telemetria dos equipamentos, solução digital que possibilita o gerenciamento remoto das máquinas. 

“O tratamento de sementes traz o desafio de aplicarmos de forma concentrada os agroquímicos, pois as doses são muito baixas e para isso temos que ter muita tecnologia”, conta o Gerente de Tecnologia e Qualidade de Aplicação do Seedcare Institute da Syngenta, Adhemar Oliveira Junior.

O uso do digital começa com a gestão do maquinário industrial que realiza o tratamento das sementes: mesmo à distância, é possível analisar relatórios e acompanhar a produção de cada lote. 

Para Wesley Pereira de Oliveira, que trabalha no departamento de Gestão de Serviços da Momesso, a tecnologia garante a qualidade do produto que chega até o cliente.  “Ajuda muito na identificação de falhas, dá pra reconhecer que houve algum problema com determinado lote antes de chegar no consumidor final”, explica. Ainda de acordo com ele, a  Indústria de Máquinas Momesso é parceira de anos da Syngenta no tratamento das sementes.

Gustavo Alves, Pesquisador em Tecnologia de Aplicação do Seedcare Institute, acredita que o operador dessas máquinas também precisa falar a linguagem do digital. Afinal, o produto é resultado de uma série de processos altamente controlados e de alto custo. “Comparamos com a Fórmula 1. O operador da máquina é como se fosse o piloto e realiza uma atividade de alto impacto e precisão, portanto, não deve cometer erros. Ele tem que ser bem preparado, treinado e atento para interpretar as informações. Isto é, tem que estar habituado à tecnologia”, conclui.

“Não adianta um investimento enorme em maquinário se a mão de obra não for qualificada”, concorda Wesley Pereira. 

Tecnologia no campo

tratamento de sementes industrial

A adoção do digital no processo não se restringe aos equipamentos que fazem a aplicação dos produtos no tratamento da semente. De acordo Adhemar Oliveira Junior, os tratores que estão no campo também são monitorados, e é possível saber o que está acontecendo com eles em tempo real. “Antes, o mecânico saía da sede e levava pelo menos duas horas até chegar ao trator no campo, sem nenhuma informação prévia do que poderia ter acontecido. A máquina ficava horas parada para se descobrir o real problema. Hoje, com o auxílio da telemetria, conseguimos prever e antecipar os possíveis problemas, facilitando a manutenção e diminuindo o tempo gasto com paradas”, completa. 

O tratamento de sementes industrial é um processo delicado que requer profissionais altamente capacitados, maquinário específico e muita tecnologia. As soluções digitais são aliadas poderosas na gestão de todo o processo, evitando desperdícios, antecipando eventuais falhas e aproximando os gestores e a equipe operacional do TSI.

Leia mais da categoria:

Posts
4 min de leitura
mulheres agronegócio

6° Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio

Nesta edição, mais de 3 mil mulheres se reuniram virtualmente para discutir o agronegócio e o futuro do setor.   A Pandemia mudou tudo. Se por um lado nos afastou fisicamente, por outro nos aproximou virtualmente. Graças à tecnologia, o Congresso Nacional das Mulheres do […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura
Agropecuária Reunidas do Papagaio

Jornada Digital: Agropecuária Reunidas do Papagaio

A Agropecuária Reunidas do Papagaio surgiu no início do anos 1990, com um grupo de investidores, mas a sociedade se desfez no fim daquela mesma década, e a fazenda ficou com a família de Eduardo Godoi, hoje Diretor Técnico. Atualmente, […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura
soja_agronegocio_strider

Superavit do agronegócio atinge US$ 8,12 bilhões, segundo melhor resultado histórico para junho

As exportações brasileiras do agronegócio atingiram US$ 9,27 bilhões, em junho, superando em 11,6% o valor registrado em igual mês do ano anterior. Do lado da importação, houve crescimento de 6,1%, passando para US$ 1,16 bilhão em junho deste ano. […]

Leia na íntegra