3 principais benefícios do Sistema de Plantio Direto
3 principais benefícios do Sistema de Plantio Direto 3 principais benefícios do Sistema de Plantio Direto 3 principais benefícios do Sistema de Plantio Direto 3 principais benefícios do Sistema de Plantio Direto

3 principais benefícios do Sistema de Plantio Direto

4 min de leitura

O Sistema de Plantio Direto (SPD) surgiu no Brasil na década de 70, mais especificamente no Paraná. Hoje o nosso país apresenta uma das maiores áreas de plantio que utilizam os benefícios do Sistema de Plantio Direto. Quando aplicada, a […]

por Syngenta Digital
3 principais benefícios do Sistema de Plantio Direto Voltar
3 principais benefícios do Sistema de Plantio Direto
plantacao de milho

O Sistema de Plantio Direto (SPD) surgiu no Brasil na década de 70, mais especificamente no Paraná. Hoje o nosso país apresenta uma das maiores áreas de plantio que utilizam os benefícios do Sistema de Plantio Direto.

Quando aplicada, a técnica propõe um preparo do solo que não é feito da forma mecânica, ou seja, não envolve aração e gradagem. No Sistema de Plantio Direto o solo é sempre coberto por plantas em desenvolvimento e por resíduos vegetais, criando uma camada de proteção. 

O Plantio Direto é uma ferramenta essencial para a produtividade dos sistemas agropecuários, e quando bem aplicado traz benefícios que vão além dos cuidados com o solo. Listamos abaixo algumas vantagens do Sistema: 

1- Aumento da produtividade 

O SPD impacta diretamente nas condições de solo, melhorando também o desenvolvimento das plantas, o que gera aumento da produtividade nas lavouras. Sendo esse um dos principais benefícios do Sistema de Plantio Direto. Assim, para o Sistema existir, os restos culturais devem cobrir, pelo menos, 80% da superfície do solo 

Em algumas culturas, como da soja e algodão por exemplo, as plantas de cobertura ajudam na aquisição de nutrientes. Em períodos de falta de chuva, as raízes das plantas de cobertura buscam por água em locais profundos do solo, absorvendo nutrientes que ficarão acumulados na matéria seca. Quando se planta algodão ou soja, essas culturas podem utilizar o nitrogênio da matéria seca. 

2-Redução custos de produção 

Além da diminuição do uso de máquinas, o Sistema de Plantio Direto reduz o uso de agroquímicos, uma vez que diminui a presença de doenças e pragas com a recuperação da qualidade do solo. 

Em áreas irrigadas, o Sistema reduz também o consumo de água. Com a cobertura do solo, a perda de líquido por evaporação é reduzida e as plantas também diminuem as perdas por transpiração. 

3- Conservação do solo 

Um dos maiores problemas de produtividade de solo é a erosão, que provoca a perda de minerais de camadas fértil do solo. Mas, uma vez coberto por resíduos vegetais – como propõe o Sistema de Plantio Direto – o solo não fica mais exposto e deixa de criar crostas de terra que impediriam a absorção da água e também o assoreamento. 

Emprapa destaca as principais funções da palhada no plantio direto:  

O uso de Sistema de Plantio Direto também tem aumentado significativamente nos últimos anos. Além dos benefícios ambientais, ele permite reduzir o uso de máquinas e o tempo gasto na lavoura, já que evita as operações de aração e gradagem. O Sistema também recupera áreas que antes apresentavam solos sensíveis à erosão. 

Leia mais da categoria:

Posts
4 min de leitura
Braquiaria

Adoção de braquiária no Sistema Plantio Direto avança no país

Agricultura brasileira desafia transferência de tecnologia disponível no mercado Mesmo sem números precisos sobre a adoção de braquiária como planta de cobertura no Sistema Plantio Direto, o ajuste tecnológico promovido pela pesquisa nacional vem consolidando a prática em diversas regiões […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura
milho-mercado-de-organicos

Mercado de orgânicos pode ser estratégico para o Brasil

Um segmento em crescente expansão principalmente nos Estados Unidos e na Europa pode abrir portas para o Brasil na exportação de produtos orgânicos. Os dois principais consumidores de alimentos livres de agroquímicos produzem 33% dos produtos consumidos em um mercado […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura
Produção de laranja

Aumento do consumo de suco de laranja na Covid-19

*por Matheus Luís Docema, Engenheiro Agrônomo e Mestre em Fitotecnia ESALQ/USP O Brasil é o maior produtor mundial de laranja doce, com uma área colhida de 589.139 hectares e uma produção de 16,7 milhões de toneladas, seguido de China, Índia, […]

Leia na íntegra