O poder das imagens NDVI no Cropwise Protector - Syngenta Digital
O poder das imagens NDVI no Cropwise Protector - Syngenta Digital O poder das imagens NDVI no Cropwise Protector - Syngenta Digital O poder das imagens NDVI no Cropwise Protector - Syngenta Digital O poder das imagens NDVI no Cropwise Protector - Syngenta Digital

O poder das imagens NDVI no Cropwise Protector

4 min de leitura

Os usuários do Cropwise Protector contam com suporte em monitoramentos ao longo de toda a safra. A ferramenta de agricultura digital fornece imagens NDVI (Índice de Diferença de Vegetação Normalizada) para o acompanhamento da saúde da lavoura. O acesso à visão aérea é possível graças à integração […]

por Syngenta Digital
O poder das imagens NDVI no Cropwise Protector - Syngenta Digital Voltar
O poder das imagens NDVI no Cropwise Protector - Syngenta Digital
imagens NDVI

Os usuários do Cropwise Protector contam com suporte em monitoramentos ao longo de toda a safra. A ferramenta de agricultura digital fornece imagens NDVI (Índice de Diferença de Vegetação Normalizada) para o acompanhamento da saúde da lavoura. O acesso à visão aérea é possível graças à integração com o Cropwise Imagery, que gera dados para o produtor ter mais poder de ação sobre suas culturas.

imagens NDVI

 

O Gerente de Produto da  Syngenta Digital Diego Ramires explica que o NDVI é um cálculo matemático feito por imagens capturadas por um satélite de órbita baixa: “O índice usa dois parâmetros: o infravermelho próximo e o vermelho. Uma lavoura vigorosa, com bastante saúde, reflete mais infravermelho que uma lavoura estressada. Uma lavoura estressada reflete mais vermelho que uma lavoura saudável”. 

Essas análises são possíveis porque o satélite captura a imagem de forma multiespectral, cada cor em uma imagem separada. O Cropwise Imagery, então, consegue delimitar onde a lavoura está saudável e onde não está. “Os benefícios do NDVI começam no fato de que ele te demonstra onde a vegetação está diferente, onde há alguma discrepância. Isso, por isso só, já é muito importante para o produtor. Ele bate o olho numa imagem e vê que uma região específica tem algum tipo de problema”, completa Ramires. 

No algodão, por exemplo, o índice mostra as áreas onde a planta está crescendo mais ou menos, facilitando o manejo do regulador de crescimento. “Eu utilizo as imagens NDVI do Protector para tomadas de decisão para aplicação ou para ver uma deficiência na planta. Isso tem nos ajudado muito. Consigo tomar várias decisões e, em cima disso, agir na planta, agir no talhão. Tem um ganho muito grande”, conta o responsável pela Tecnologia Agrícola na O Telhar, Vitor Luiz Duarte. 

A saúde da lavoura nas imagens NDVI

imagens NDVI
Tractor spraying pesticides on soybean field with sprayer at spring

São muitos os exemplos de uso do índice nas mais variadas culturas. No controle de pragas, há casos bem-sucedidos no café. “O bicho-mineiro no terço superior da planta, na parte de cima, desfolha bastante a planta. A gente já conseguiu detectar algumas manchas de NDVI que representavam o bicho-mineiro”, relata Diego Ramires. 

Na Schmidt Agrícola, as imagens NDVI são usadas em todo o ciclo da safra para geração de históricos. “A gente usa para identificar quais são os problemas da lavoura, para tomarmos decisões futuras. Quando as imagens são disponibilizadas, dá para gerar uma visão macro e planejar o manejo futuro em cima delas”, conta Fernando Andrade, Gerente da Produção da companhia. 

Vitor Luiz Duarte, da O Telhar, completa que também usa o recurso no milho e tem um retorno produtivo “muito grande”. “Isso não tem mais volta, a gente tem que utilizar. Tenho a imagem tratada pronta para tomar as decisões que eu quiser”, conclui. 

O Gerente de Produto da Syngenta Digital Diego Ramires afirma que as imagens NDVI são um grande aliado do produtor porque não existe subjetividade no índice. “O satélite está passando  constantemente nas áreas. Ele bate o olho na imagem, se há algo chamando atenção, vai lá na lavoura e identifica. Se existe uma falha visível no índice, há algum fator de estresse ali.”, conta Ramires, que cita outra vantagem: “Você pode usar as imagens para criar tarefas e usar essas falhas como pontos de atenção. O técnico consegue caminhar sobre a imagem de NDVI no dia a dia”.

Leia mais da categoria:

Posts
4 min de leitura
early adopters

Os early adopters e a agricultura digital no Brasil

Atualmente, 47% dos produtores brasileiros utilizam pelo menos uma tecnologia de agricultura de precisão em suas operações, segundo levantamento da McKinsey & Company, que entrevistou 750 produtores. Para que o país atingisse essa marca, foi preciso que um grupo pioneiro digitalizasse suas operações, os early adopters. A pesquisa, divulgada […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura
cafeicultura

Tecnologia e cafeicultura: a oferta do digital para o café

Quando comparado a culturas de grãos e fibras, o café traz uma série de particularidades. Ainda assim, há uma semelhança fundamental: a tecnologia como importante aliada do produtor. Embora a cafeicultura demande uma atenção diferenciada, é possível apostar no digital […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura

Gestão e performance para sucesso do agronegócio

Muito tem-se falado sobre resultados exponenciais, startups unicórnios, inteligência artificial, big data, algoritmos e estatísticas para medir tudo, modelos preditivos e futurísticos etc. É tanta coisa que até assusta! São temas importantes, sem dúvida, mas a base para implementar essas […]

Leia na íntegra