Grupo Mizote controla mofo-branco com aplicações localizadas - Syngenta Digital
Grupo Mizote controla mofo-branco com aplicações localizadas - Syngenta Digital Grupo Mizote controla mofo-branco com aplicações localizadas - Syngenta Digital Grupo Mizote controla mofo-branco com aplicações localizadas - Syngenta Digital Grupo Mizote controla mofo-branco com aplicações localizadas - Syngenta Digital

Grupo Mizote controla mofo-branco com aplicações localizadas

4 min de leitura

O Cropwise Protector nasceu com objetivo de otimizar a operação de manejo de pragas e doenças na lavoura. Hoje, a ferramenta digital é completa e oferece suporte à tomada de decisão em todas as etapas da safra. A fase de crescimento, no entanto, continua sendo […]

por Syngenta Digital
Grupo Mizote controla mofo-branco com aplicações localizadas - Syngenta Digital Voltar
Grupo Mizote controla mofo-branco com aplicações localizadas - Syngenta Digital
mofo-branco

O Cropwise Protector nasceu com objetivo de otimizar a operação de manejo de pragas e doenças na lavoura. Hoje, a ferramenta digital é completa e oferece suporte à tomada de decisão em todas as etapas da safra. A fase de crescimento, no entanto, continua sendo “o coração” do sistema, como descreve o Gerente de Produto da Syngenta Digital Diego Ramires.

  

“O monitoramento de pragas é a proposta de valor central do Protector. O produto gera valor em vários aspectos, mas o coração é o manejo de pragas. No papel, você não tem confiança onde aqueles pontos foram feitos, se aquelas médias representam de fato aquela infestação no talhão”, diz Ramires, que explica as vantagens da coleta georreferenciada: “O georreferenciamento libera a capacidade de você entender o comportamento geográfico das sua pragas”. 

No Grupo Mizote, a adesão ao Cropwise Protector trouxe valor ao monitoramento, que se tornou mais preciso e representativo dos problemas da lavoura. “Uma das grandes vantagens do Protector é que dá uma certeza do que está acontecendo no campo. Isso daí é uma coisa fundamental. Você monitora as pragas, e também os monitores têm todo um rastreamento. Você rastreia todo o sistema”, conta Robson Luiz da Silva, consultor na empresa. 

Aplicação localizada contra o mofo-branco 

mofo-branco

Robson Silva relata casos de sucesso com o monitoramento digital: “Você consegue fazer a aplicação localizada. Por exemplo, percevejo na lavoura da soja. Eu consigo ver onde os percevejos entram e, ali, começo a combater eles, para não reinfestar ou infestar toda a lavoura”. 

Na última safra, o mofo-branco foi um problema para o Grupo Mizote, que monitorou o fungo por meio do Cropwise Protector. “Teve uma área que a gente viu o mofo-branco, e a gente controlou somente onde estava sendo problema. Não foi necessário aplicar em toda a área”, conta Silva, que reduziu o uso de defensivos. 

“Do lado econômico, certamente você economiza defensivos. Do lado ambiental, é que você não aplique em toda a área. Isso daí a sociedade vem cobrando da gente isso, a gente tem que aplicar a dose certa, no horário certo, no momento certo”, avalia. 

Aplicação localizada: futuro da agricultura 

Trator pulverizador extraindo praga do cultivo

Os mapas de calor de pressão das pragas e doenças mudaram a forma como os agricultores enxergam a lavoura. Diego Ramires diz que além da média de infestação do talhão, o Cropwise Protector fornece um histórico das áreas. “O produtor toca na tela uma vez e tem um gráfico de evolução dos problemas, ele consegue ver como aquela infestação está se comportando”, explica. 

“Não é de hoje que a agricultura tem margens apertadas, e é uma dor muito grande esse custo pro produtor”, diz Ramires, que conclui: “O monitoramento de pragas traz a possibilidade de o produtor tomar decisões mais técnicas, mais conscientes, em prol de uma agricultura melhor, mais eficiente”. 

Leia mais da categoria:

Posts
4 min de leitura
soja_agronegocio_strider

Superavit do agronegócio atinge US$ 8,12 bilhões, segundo melhor resultado histórico para junho

As exportações brasileiras do agronegócio atingiram US$ 9,27 bilhões, em junho, superando em 11,6% o valor registrado em igual mês do ano anterior. Do lado da importação, houve crescimento de 6,1%, passando para US$ 1,16 bilhão em junho deste ano. […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura

Novas tecnologias no agro: saiba usar a seu favor

A tecnologia está cada vez mais presente no campo, e  as empresas que dão esse importante passo rumo à inovação têm maior diferencial no mercado. Mas além da implantação da tecnologia, é necessário que o produtor entenda como utilizar os […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura

Produtores de abacate se reúnem para discutir futuro da produção

Na foto, Luiz Tangari, CEO da Strider e Paulo Tsuge, Presidente da ABPA Foi realizado em Bauru/SP o 1° Encontro Brasileiro de Produtores de Abacate e Avocado. No evento, produtores do país inteiro se reuniram para discutir o futuro da […]

Leia na íntegra