Desafios que o agro brasileiro precisa enfrentar - Syngenta Digital
Desafios que o agro brasileiro precisa enfrentar - Syngenta Digital Desafios que o agro brasileiro precisa enfrentar - Syngenta Digital Desafios que o agro brasileiro precisa enfrentar - Syngenta Digital Desafios que o agro brasileiro precisa enfrentar - Syngenta Digital

Desafios que o agro brasileiro precisa enfrentar

4 min de leitura

A agricultura é uma das principais atividades da nossa economia, mas ainda há desafios a serem vencidos para que o país continue potência de mercado. Fábio Silva, Zootecnista, Especialista em Gestão de Projetos e Gestor de Parcerias do AgriHub, aponta […]

por Syngenta Digital
Desafios que o agro brasileiro precisa enfrentar - Syngenta Digital Voltar
Desafios que o agro brasileiro precisa enfrentar - Syngenta Digital

A agricultura é uma das principais atividades da nossa economia, mas ainda há desafios a serem vencidos para que o país continue potência de mercado. Fábio Silva, Zootecnista, Especialista em Gestão de Projetos e Gestor de Parcerias do AgriHub, aponta três desses entraves:

1. Acesso às tecnologias

Grupo Mizote em São Desiderio/BA

Já existem softwares voltados para facilitar o trabalho no campo e otimizar a produtividade. O desafio é incorporar essas tecnologias na rotina de cada vez mais fazendas. “O sucesso ou não dessas inovações depende da capacidade das novas tecnologias chegarem a quem realmente importa: o produtor rural”, explica Fábio.

2. Mão de obra qualificada

Monitoramento da lavoura

É papel do proprietário da fazenda investir em capacitação da equipe para extrair o máximo de vantagens do uso dessas tecnologias. Escolher uma empresa que ofereça softwares aliados ao treinamento do time de campo é um bom começo. Investir em cursos de pós-graduação e EAD (Educação à Distância) para os treinadores e gestores também é indicado. “É preciso aproximar mais a Academia do campo”, afirma.

3. Conectividade 

Uso de tecnologia no campo

Os grandes entraves para a falta de conectividade nas fazendas é a falta de licença ambiental para instalar torres de conexão, além da falta de investimento em pesquisas que forneçam uma solução efetiva para o problema. Porém, tudo indica que essa realidade vem mudando. “Em 2018 houve um despertar das empresas de telecomunicação para o setor agro, o que mostra que podemos estar perto de resolver esse impasse”, finaliza Fábio.

Leia mais da categoria:

Mercado e tendências
4 min de leitura
cursos de agronegócio

4 Cursos de Agronegócio para você fazer em 2018 e se destacar

Listamos 4 cursos de agronegócio para você fazer em 2018. Confira: Aprenda como os drones podem gerar linhas de colheita, aplicação georreferenciada de insumos, identificação de plantas invasoras e outros projetos. Início: a critério do aluno Duração: 24h Formato: curso […]

Leia na íntegra
Mercado e tendências
4 min de leitura
Monitoramento da lavoura com Syngenta Digital

NA ESTRADA: A CASA É SUA, PODE ENTRAR

por Thais Andrade, Sales Executive na Strider* Sempre me animo quando planejamos uma visita em campo. Conversar com o cliente, entender sua rotina e perceber de perto a diferença que nossa ferramenta faz no seu dia a dia é a […]

Leia na íntegra
Mercado e tendências Posts
4 min de leitura

O destaque da mulher no agro em 2019

Estou na estrada do agro há 23 anos e trabalho a bandeira da valorização da mulher no agro desde o início dos anos 2000, mas confesso que nunca vi um ano como esse. Não há pessoa que eu converse que […]

Leia na íntegra