Milho safrinha e agricultura digital: vantagens e tendências - Syngenta Digital
Milho safrinha e agricultura digital: vantagens e tendências - Syngenta Digital Milho safrinha e agricultura digital: vantagens e tendências - Syngenta Digital Milho safrinha e agricultura digital: vantagens e tendências - Syngenta Digital Milho safrinha e agricultura digital: vantagens e tendências - Syngenta Digital

Milho safrinha e agricultura digital: vantagens e tendências

4 min de leitura

Colheitadeiras em campo, vagens secas, grãos marrons…. É o ciclo da soja chegando ao fim! Nesse momento, muitas vezes, a oleaginosa dá lugar a outro grão e o produtor rural se volta para o plantio do milho safrinha. Trata-se de uma oportunidade para o agricultor, já que os preços […]

por Syngenta Digital
Milho safrinha e agricultura digital: vantagens e tendências - Syngenta Digital Voltar
Milho safrinha e agricultura digital: vantagens e tendências - Syngenta Digital

Colheitadeiras em campo, vagens secas, grãos marrons…. É o ciclo da soja chegando ao fim! Nesse momento, muitas vezes, a oleaginosa dá lugar a outro grão e o produtor rural se volta para o plantio do milho safrinha. Trata-se de uma oportunidade para o agricultor, já que os preços do milho vêm crescendo diante da valorização do dólar frente ao real.  Para aproveitar o momento favorável, o produtor pode ainda contar com a agricultura digital, que leva mais olhos para a lavoura. 

Quer entender melhor o momento e conhecer as tendências para o setor? Informe-se a seguir: 

O que é safrinha? 

A safrinha é uma das práticas mais importantes da agricultura de acordo com Suzany Dutra, agrônoma e Especialista em Transformação Digital da Syngenta Digital.  Segundo ela, esse é o momento do ano em que se faz a rotação de culturas, ou seja, a alternância de espécies vegetais em uma área. A iniciativa, que é fundamental para a manutenção da saúde do solo, também auxilia do controle de pragas e doenças.  

O nome desse período produtivo, assim, no diminutivo, se deve ao fato de que ele ocorre depois da safra principal, aquela que começa por volta de setembro e termina em meados de março. De acordo com Dutra, a safrinha tem início em fevereiro e março e se finda “lá pra junho, julho”, explica.  Com o milho safrinha, não é diferente. 

Período produtivo Início Fim 
Safra setembro março 
Safrinha fevereiro, março junho, julho 

Entenda o milho safrinha 

É possível colocar a rotação de culturas em prática com as mais variadas espécies, mas, segundo Suzany Dutra, o milho safrinha é uma escolha frequente. Afinal, o grão possui uma série de híbridos  que dão ao produtor alguma liberdade para o plantio já que têm durações de ciclo distintas. “Com esses híbridos, o produtor pode aproveitar a janela que ele tiver”, conta Suzany Dutra.  

Superprecoce: ciclo de 120 dias  

Precoce: ciclo de 120 a 130 dias 

Normais: ciclo de 130 a 140 dias 

Fonte: Emater – MG 

Além disso, Suzany alerta para a valorização do milho nesse início de 2021, uma resposta à escalada do dólar. “Os produtores estão plantando apesar do risco, mesmo com geada, mesmo com atraso de plantio, por causa do valor”, diz a agrônoma.  
 

Cotação milho*: 

Out/2020 R$72 
Mar/2021 R$94 

* Saca de 60kg 
Fonte: Cepea 

Como a agricultura digital ajuda o milho safrinha? 


“A agricultura digital ajuda o produtor a visualizar melhor. A gente sai de uma colheita para um plantio e o produtor está com muita coisa acontecendo”, avalia Maicon Bauer, consultor de venda na Agrícola Panorama, em Maracajú, no Mato Grosso do Sul.  

Para ele, que atende agricultores da região no período de milho safrinha, as tecnologias digitais representam “mais olhos na lavoura” no período em que o agricultor mais precisa.  

“Os produtores estão buscando, de alguma maneira, alguma ou outra ferramenta: agricultura de precisão, mapa de calor, NDVI.” 
Maicon Bauer, consultor da Agrícola Panorama 

Como monitorar pragas no milho safrinha? 

Especialista em Tranformação Digital Suzany Dutra


A agricultura digital, segundo Bauer, é especialmente importante no momento em que a cigarrinha-do-milho tem se tornado um grande problema na região, e o monitoramento digital de pragas é um aliado importante no controle da inimiga. 

O Controle Certo é a oferta que alia o monitoramento digital à mão de obra especializada e aos produtos Syngenta. Segundo Suzany Dutra, o programa ajuda os produtores de milho safrinha a tomarem melhores decisões no combate de pragas como a cigarrinha-do-milho e o percevejo.  

A cada novo monitoramento, produtor e consultor da revenda recebem alertas no celular com os principais dados registrados na ferramenta digital. Assim, podem determinar os alvos corretos da aplicação sem perder tempo. 

É mais agilidade na tomada de decisão baseada em dados confiáveis, colhidos a partir de um monitoramento de alto padrão.  

Leia mais da categoria:

Cultura
4 min de leitura
cafe cereja nas maos

Café fermentado ganha mais espaço no mercado

Termo bastante popular no universo gastronômico, a fermentação ganha cada vez mais espaço no dia a dia dos brasileiros. O processo é visto na fabricação de pães, cervejas e vinhos, ou em métodos de conservação de queijos e carnes, por […]

Leia na íntegra
6ª Edição Cultura
4 min de leitura
cana-de-açúcar

Fim da broca da cana?

A broca da cana é a principal praga que ataca a cultura da cana-de-açúcar no Brasil e causa prejuízos estimados em R$ 5 bilhões anuais ao setor sucroenergético. Mas a aprovação do uso comercial de uma nova variedade de cana-de-açúcar […]

Leia na íntegra
Cultura Manejo
4 min de leitura

Manejo de pragas de solo no sistema soja-milho-algodão

Texto escrito em parceria com Marcelo Mueller de Freitas, Eng. Agrônomo, Mestre e Doutor em Entomologia Agrícola pela Unesp/FCAV. Atualmente desenvolve pesquisas voltadas para o manejo microbiológico de pragas e é sócio administrador da página @mipemfoco.  Pragas de solo Que os artrópodes-pragas […]

Leia na íntegra