Influencer Michele Guizini entrevista Syngenta Digital - Syngenta Digital
Influencer Michele Guizini entrevista Syngenta Digital - Syngenta Digital Influencer Michele Guizini entrevista Syngenta Digital - Syngenta Digital Influencer Michele Guizini entrevista Syngenta Digital - Syngenta Digital Influencer Michele Guizini entrevista Syngenta Digital - Syngenta Digital

Influencer Michele Guizini entrevista Syngenta Digital

4 min de leitura

A Syngenta Digital chegou, e um time de influenciadores do agro nas redes sociais foi escolhido para falar sobre esse importante momento da evolução da agricultura. O #EsquadrãoDigital é formado por Michele Guizini, Vanessa Sabioni, Agro de Respeito e João Pierobon que, juntos, somam mais de 170 mil seguidores no Instagram.   Eles perguntaram para os seguidores quais […]

por Syngenta Digital
Influencer Michele Guizini entrevista Syngenta Digital - Syngenta Digital Voltar
Influencer Michele Guizini entrevista Syngenta Digital - Syngenta Digital
Michele Guizini
Michele Guizini

A Syngenta Digital chegou, e um time de influenciadores do agro nas redes sociais foi escolhido para falar sobre esse importante momento da evolução da agricultura. O #EsquadrãoDigital é formado por Michele Guizini, Vanessa Sabioni, Agro de Respeito e João Pierobon que, juntos, somam mais de 170 mil seguidores no Instagram.  

Eles perguntaram para os seguidores quais as principais dúvidas sobre agricultura digital, e nós vamos responder. A primeira a entrevistar a Syngenta Digital é Michele Guizini, influenciadora ávida por inovação e atenta às tendências do agro.

Conheça Michele Guizini

Michele aposta na digitalização como fator fundamental para o ganho de eficiência nas operações agrícolas. Por isso, ela integrou, neste ano, o lançamento global de Syngenta Digital

Engenheira agrônoma de formação, Michele Guizini encontrou no Instagram o espaço ideal para compartilhar o seu amor pelo agro. Na rede social, ela divide com mais de 69 mil seguidores um pouco do seu dia a dia e de seus interesses, além de trazer conteúdo informativo para a plataforma.  

Michele Guizini

Na trajetória profissional, Michele acumulou experiência com atendimento ao cliente e assistência técnica na lavoura. A rica vivência ao lado do produtor rural fez com que buscasse outras formas de estar em contato direto com o campo. E, no perfil do Instagram, foi possível compartilhar seus conhecimentos agronômicos com o agricultor. 

O trabalho como influenciadora despertou o interesse pelo Marketing Digital, um conjunto de ações de comunicação utilizadas pela engenheira agrônoma para promover seu trabalho com o agro na Internet. Logo, Michele acumulou milhares de seguidores fiéis que a acompanham, por exemplo, no momento em que se prepara para entrar na lavoura.

Pergunte à Syngenta Digital

Michele Guizini
Beatriz Esteves, do Marketing da Syngenta Digital

No dia do lançamento da frente de agricultura digital da Syngenta, milhares de usuários puderam fazer perguntas sobre o tema na página da influenciadora. A Syngenta Digital responde aos seguidores de Michele Guizini que dão início a uma série de conversas sobre a agricultura digital e como ela pode ser uma aliada do produtor na busca por produtividade. 

Quem responde às questões é Beatriz Esteves, Gerente de Projetos de Marketing e Eventos da Syngenta Digital. Ela escolheu e respondeu a cinco questionamentos mais frequentes dos seguidores de Michele.  

Confira: 

1) @frangreter perguntou: O que é agricultura digital? 
Para responder a essa pergunta, eu vou pegar emprestada a fala do nosso Diretor de Produto, Henrique Prado, que está super por dentro do tema! Ele diz que o principal papel da agricultura digital é aumentar a confiança nos dados coletados e automatizar o máximo possível para que essa confiança seja garantida para o usuário final. E eu continuo: essas ferramentas digitais que ajudam o produtor a tomar as melhores decisões trazem mais eficiência para a lavoura, tornando-a mais produtiva e sustentável!  

2) @mulheresdecanivete perguntou: Como a agricultura digital pode melhorar a rotina da propriedade? 
O digital traz diversos benefícios para o produtor! Entre as vantagens, estão o controle da operação, a maior agilidade em processos, a gestão de mão de obra, o uso correto e efetivo dos insumos e muito, muito mais.  

Vou dar um exemplo: com sistemas de monitoramento da lavoura, o gestor da operação consegue ter visibilidade do caminhamento feito por um técnico de campo, enxergar como foi feita a distribuição dos pontos de coleta, entender quais foram os problemas encontrados etc.  

Além disso, por ser uma coleta digital, todas essas informações são compiladas automaticamente quando os equipamentos de coleta são conectados à Internet. Com isso, o gestor pode ter uma visão geral e integrada da fazenda, acelerando a tomada de decisão.  

E tem mais. Quando um produtor utiliza insumos agrícolas da forma correta, o meio ambiente também sai ganhando! A eficiência no uso dos insumos agrícolas é sustentável.  

3) @agromoura17 perguntou: Qual é o maior desafio nessa área? 
A tecnologia digital está aprimorando e inovando o tempo todo, mas existem alguns desafios que precisam ser superados para que produtores possam utilizar a tecnologia ao seu favor, alguns deles são: 

  • Conectividade: sabemos que a presença em larga escala da Internet no campo não é uma realidade, por isso as empresas precisam encontrar formas criativas de entregar a melhor solução sem depender desse fator. No caso do Cropwise Protector, todas as informações são armazenadas no campo de forma offline. Apenas no fim do processo, é necessária a conexão quando o monitor volta à sede da fazenda, por exemplo.  
  • Atingir mais pessoas: apesar de a tecnologia digital ser uma tendência, existem muitos produtores que ainda não a utilizam por medo, insegurança ou dificuldade de acesso. A Syngenta Digital tem como objetivo tornar a tecnologia cada vez mais acessível a todos os produtores, grandes ou pequenos, de norte a sul. 
  • Integração: para os produtores que já estão na jornada digital, outro problema que aparece é a grande oferta de tecnologias que não se integram, sendo necessário acessar diversos sistemas, fazer análises de forma individual, o que torna o processo mais lento e trabalhoso. Nossos sistemas já são desenvolvidos pensando em contribuir com esse ponto. Além da integração entre nossas soluções, ainda fazemos essa ponte com outras tecnologias líderes de mercado, como John Deere, MetosPerfect Flight e muitas outras. 

4) @chaiane_mrks perguntou: Dicas para futuros agrônomos de como estar preparado para lidar com as tecnologias? 
As tecnologias digitais são parceiras de quem trabalha no campo. O desafio do agrônomo no futuro, quero dizer, de hoje, é tirar o maior potencial das ferramentas tecnológicas para fazer melhor o seu trabalho no campo. Essa é uma jornada que devemos percorrer juntos, visando sempre facilitar, agilizar e melhorar processos no campo.  

Convidamos você, agrônomo, a acompanhar mais o nosso conteúdo, vídeos e eventos sobre tecnologia digital. Temos certeza que você poderá ver o que a tecnologia digital já tem feito, na prática, para pessoas como você. 

5) @mborgesagro perguntou: Vocês vão fazer monitoramento de pragas e doenças?  
Syngenta Digital oferece ferramentas e ofertas que contribuem no trabalho de monitoramento à campo de pragas, doenças e daninhas. Esse trabalho já é desenvolvido em mais de 4 milhões de hectares em diversos países do mundo. 

Se quiser saber mais sobre como isso acontece em campo, leia mais em nosso site sobre o Cropwise Protector.

Leia mais da categoria:

Posts
4 min de leitura

Furacão Irma afeta produção agrícola na Flórida

Por Thayná Oliveira Nos últimos dias, o furacão Irma tomou conta dos noticiários. Até o momento ele foi registrado como o segundo mais poderoso da história do Atlântico, perdendo apenas para o furacão Allen, que registrou ventos acima de 300 […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura
trator na colheita gestão agrícola

Gestão agrícola: conheça 3 erros que você deve evitar

O agronegócio é um setor que cresce a cada ano.  De acordo com o ministério da Agricultura, no ano de 2020 o resultado do PIB da agropecuária avançou 24,31% na comparação com 2019. Isso significa um PIB total de quase […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura

Recordes e mais recordes nas safras de algodão

Os produtores de algodão têm muito o que comemorar. A safra 2017/2018 atingiu números recordes. A demanda externa, a colheita farta, preço e câmbio favoráveis. Tudo isso contribui para o bom momento da cultura. Números da safra 2017/2018 A cultura […]

Leia na íntegra