Monitoramento de doenças: ferrugem asiática - Syngenta Digital Monitoramento de doenças: ferrugem asiática - Syngenta Digital
Monitoramento de doenças: ferrugem asiática - Syngenta Digital
Monitoramento de doenças: ferrugem asiática - Syngenta Digital Monitoramento de doenças: ferrugem asiática - Syngenta Digital Monitoramento de doenças: ferrugem asiática - Syngenta Digital Monitoramento de doenças: ferrugem asiática - Syngenta Digital

Monitoramento de doenças: ferrugem asiática

4 min de leitura

* Por Renato Quintino, engenheiro agrônomo e Especialista em Transformação Digital da Syngenta Digital  A ferrugem asiática na soja é uma doença causada pelo fungo Phakospora pachyrhizi com alto poder de dano na lavoura, podendo chegar a 90% de perda de produtividade. Costuma aparecer […]

por Syngenta Digital
Monitoramento de doenças: ferrugem asiática - Syngenta Digital Voltar
Monitoramento de doenças: ferrugem asiática - Syngenta Digital
Agronomo analisando cultivo com ferrugem asiática

* Por Renato Quintino, engenheiro agrônomo e Especialista em Transformação Digital da Syngenta Digital 

Mãos segurando folhas que estão com ferrugem asiática

A ferrugem asiática na soja é uma doença causada pelo fungo Phakospora pachyrhizi com alto poder de dano na lavoura, podendo chegar a 90% de perda de produtividade. Costuma aparecer nas fases mais avançadas da cultura, causando desfolha e comprometendo o término de enchimento de grãos.  

O fungo causador da ferrugem tem um grande número de hospedeiros, e isso faz com que se tenha esporos do fungo durante grande parte do ano. As condições ideais para o desenvolvimento da ferrugem asiática são temperaturas de 15 a 29°C e com molhamento superior a seis horas, portanto, condições presentes na maioria das regiões onde se cultiva soja no verão.  

A identificação é feita através de análises na parte abaxial (inferior) da folha, começando pelo terço inferior e subindo gradativamente. Pequenos pontos com tons de verde mais claro e com pontuações pretas são os sintomas iniciais da doença, causando dificuldade no diagnóstico.  

Passando o tempo, essas lesões adquirem uma coloração mais escura, um castanho escuro ou marrom, onde a percepção é mais fácil. Essas pontuações são estruturas chamadas de urédias, responsáveis pela produção de novos esporos que causam novas infecções, e assim, ocorre de forma policíclica. A disseminação ocorre através do vento, tornando a ferrugem altamente móvel entre as lavouras.  

Manejo da ferrugem asiática 

Dois agrônomos avaliando folhas para ver se possuem ferrugem asiática

Por ser uma doença policíclica, o manejo preventivo se torna a estratégia mais eficaz para essa doença. Fazendo aplicações de produtos preventivos para que não tenhamos ciclos da ferrugem se multiplicando na lavoura. Outro ponto essencial é o diagnóstico assertivo já nos primeiros sinais da doença, através de monitoramento da lavoura especializado, com pontos georreferenciados para que seja criada uma rede de alerta entre regiões para a doença, justamente pela característica de ser altamente móvel. 

 

Através da tecnologia digital Cropwise, conseguimos fazer esse diagnóstico precoce, montar uma rede de informações através dos pontos que temos a presença da doença, registrar as fotos dos sintomas para visualização do produtor, agrônomos, consultores e, o mais importante, tomar a decisão certa e rápida. 

Com todas as características que a ferrugem asiática possui, precisamos cada vez mais do uso da tecnologia digital para minimizar as perdas potenciais da doença. 

Leia mais da categoria:

Posts
4 min de leitura

5 motivos para investir no enraizamento inicial da soja

Entre os primeiros cuidados necessários à cultura da soja está o manejo adequado durante o enraizamento inicial. Nesta etapa, que começa logo após a germinação, as raízes precisam se lançar com profundidade e a planta apresentar um alto vigor inicial. […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura
geada plantacao frio

Baixas temperaturas: Riscos e Danos do Frio Para a Agricultura

Por João Castro – Climatempo Com a proximidade do inverno, começamos a perceber uma mudança gradual nas temperaturas e, à medida que massas de ar muito frias conseguem avançar pelo Brasil, efeitos negativos passam a ser sentidos em várias atividades agrícolas. […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura
Big data no agronegócio

Sua tecnologia faz milagre? Não quero, obrigado.

O mercado de tecnologias voltadas para o agronegócio está amadurecendo muito rápido. A questão é que, junto com o crescimento de qualquer mercado, surgem também as promessas milagrosas de resolução de problemas. E é justamente aí que você encontra a […]

Leia na íntegra