Papo com especialista: o que é sensoriamento remoto? - Syngenta Digital Papo com especialista: o que é sensoriamento remoto? - Syngenta Digital
Papo com especialista: o que é sensoriamento remoto? - Syngenta Digital
Papo com especialista: o que é sensoriamento remoto? - Syngenta Digital Papo com especialista: o que é sensoriamento remoto? - Syngenta Digital Papo com especialista: o que é sensoriamento remoto? - Syngenta Digital Papo com especialista: o que é sensoriamento remoto? - Syngenta Digital

Papo com especialista: o que é sensoriamento remoto?

4 min de leitura

Se o produtor deseja saber como está a saúde do cultivo, o sensoriamento remoto é uma tecnologia essencial na operação da fazenda. No Papo com Especialista, o fundador e CEO da Farmshots, Joshua Miller, explica que a técnica permite acompanhar […]

por Syngenta Digital
Papo com especialista: o que é sensoriamento remoto? - Syngenta Digital Voltar
Papo com especialista: o que é sensoriamento remoto? - Syngenta Digital

Se o produtor deseja saber como está a saúde do cultivo, o sensoriamento remoto é uma tecnologia essencial na operação da fazenda. No Papo com Especialista, o fundador e CEO da Farmshots, Joshua Miller, explica que a técnica permite acompanhar as lavouras por completo. 

Os satélites captam informações de um objeto por meio da luz que ele reflete. O mecanismo é usado por fazendeiros do mundo inteiro para a coleta de dados de uma superfície sem ter que percorrê-la por completo. Assim, é possível avaliar vegetação, irrigação e pragas. Além disso, o material pode ser transformado em mapas e usado como banco de dados para futuras análises. 

Essa tecnologia pode ser aliada a softwares que fazem análises de NDVI, o Índice de Diferença de Vegetação Normalizada, e revelam se há regiões com infestação de pragas, perda de biomassa ou estresse hídrico, por exemplo. 

Por isso, há muitos benefícios em adotar o sensoriamento remoto, como os 4 que listamos abaixo:

1 – Visão completa da lavoura
Os satélites monitoram todos os talhões e coletam dados de problemas que não são visíveis a olho nu. As imagens indicam a saúde da lavoura.

2 – Dados confiáveis 
As informações geradas pelos satélites não estão sujeitas a erros humanos porque são capturadas e processadas de forma autônoma.

3 – Baixo custo
É uma tecnologia com baixo custo de adesão, mas que tem inúmeros benefícios. Também tem um sistema simples que não exige capacitação.

4 –  Sob medida
Não é restrito a nenhum tipo de propriedade agrícola, podendo ser adotado por pequenos, médios e grandes produtores. 


Leia mais da categoria:

Especial Posts
4 min de leitura

3 dicas de agricultura digital para aumentar a produtividade agrícola

As tecnologias trazer um universo de benefícios para o campo, em todas as fases da safra. Mas é na produtividade agrícola que está a atenção do produtor ao fim do dia. Para ter sucesso no agronegócio – assim como em […]

Leia na íntegra
7ª Edição Posts
4 min de leitura

5 dicas para gestão de pessoas no agronegócio

Tão importante quanto falar de política, mercado ou tecnologias na agricultura, é discutir a gestão de pessoas no agronegócio. A gestão de pessoas é essencial para que a empresa alcance seus objetivos globais e específicos. E, no agro, não é […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura
Horta farta

Alimentos serão grande preocupação após coronavírus

Se, em um primeiro momento da pandemia do novo coronavírus, os olhos do mundo se concentraram no abastecimento de comida, agora, as atenções começam a se voltar para o futuro da produção e do consumo de alimentos. Para a ministra […]

Leia na íntegra