Uso de algas marinhas nas plantações de tomate aumenta a colheita e preserva os nutrientes
Uso de algas marinhas nas plantações de tomate aumenta a colheita e preserva os nutrientes Uso de algas marinhas nas plantações de tomate aumenta a colheita e preserva os nutrientes Uso de algas marinhas nas plantações de tomate aumenta a colheita e preserva os nutrientes Uso de algas marinhas nas plantações de tomate aumenta a colheita e preserva os nutrientes

Uso de algas marinhas nas plantações de tomate aumenta a colheita e preserva os nutrientes

4 min de leitura

O proprietário de uma plantação de tomate no sudeste de Goiás decidiu fazer o teste: fertilizou uma área com o Algen Micron, desenvolvido com a alga marinha Lithothamnium, e nas áreas vizinhas usou adubos convencionais. O resultado contemplou as expectativas […]

por Syngenta Digital
Uso de algas marinhas nas plantações de tomate aumenta a colheita e preserva os nutrientes Voltar
Uso de algas marinhas nas plantações de tomate aumenta a colheita e preserva os nutrientes
Tomateiro

O proprietário de uma plantação de tomate no sudeste de Goiás decidiu fazer o teste: fertilizou uma área com o Algen Micron, desenvolvido com a alga marinha Lithothamnium, e nas áreas vizinhas usou adubos convencionais. O resultado contemplou as expectativas do agricultor e dos técnicos da empresa, que acompanharam o teste.

Na safra do segundo semestre de 2017, a colheita da plantação com Algen Micron registrou um aumento de 11 toneladas por hectare, em comparação com as outras áreas. Além disso, foi possível perceber uma melhoria nos aspectos nutricionais e no desenvolvimento dos frutos, com maior capacidade para suportarem o estresse hídrico (estiagem prolongada).

Características únicas do Algen Micron respondem por esses resultados altamente positivos. Sua formulação assegura energia e equilíbrio para a agricultura irrigada, nutrição e o condicionamento das propriedades químicas e biológicas do solo. A porosidade da estrutura vegetal da alga e as micros partículas do produto permitem a liberação imediata de seus nutrientes, podendo cobrir grandes extensões de forma prática e rápida. O Algen Micron pode ser aplicado na maioria dos equipamentos de irrigação, exceto em gotejamento. Produto 100% natural de alga marinha Lithothamnium , é homologado para uso na agricultura orgânica.

Por esses e outros motivos, produtos à base de algas marinhas têm sido cada vez mais aplicados na agricultura por serem uma alternativa ecologicamente correta, apresentarem resultados excelentes e proporcionarem uma alta produtividade. No caso das algas do tipo Lithothamnium os benefícios são ainda mais expressivos: reúnem em sua constituição mais de 70 nutrientes de rápida absorção, com destaque para o cálcio e magnésio, além de substâncias orgânicas, como aminoácidos. A composição única dos produtos derivados da Lithothamnium também proporcionam excelentes resultados quando aplicados sozinhos ou em mistura com outros fertilizantes.

Sobre o Lithothamnium

Alga marinha calcária, conhecida há mais de 200 anos, o Lithothamnium vem sendo explorado nos últimos 30 anos por países da Europa e Ásia, para oferecer nutrição animal, vegetal e humana. Produto nobre, possui alta reatividade e é rico em mais de 70 nutrientes minerais e orgânicos, altamente solúveis e naturalmente equilibrados pelo meio ambiente.

Fonte: Oceana Brasil 

Leia também: Cinco dicas para um plantio eficiente. Acompanhe nossas redes sociais em FacebookInstagramLinkedIn e Youtube.

Leia mais da categoria:

Posts
4 min de leitura
Homem usando máscara plantação de milho

Os impactos da pandemia do coronavírus na agricultura

Desde a chegada da Covid-19 no país, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) assegurou a produção de alimentos. Em pronunciamento, a ministra Tereza Cristina garantiu que a agropecuária continuará abastecendo o mercado. “O Brasil é um grande celeiro, […]

Leia na íntegra
Cultura Posts
4 min de leitura

Milho e rotatividade de cultura: Onde eles se encontram

O milho é um produto que, como qualquer outro, apresenta suas peculiaridades, inclusive no que diz respeito a seu plantio. Algumas características como a falta de água no solo, temperatura e luminosidade, aliadas às diversas espécies com ciclo de vida […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura
Larvas na plantação

Por que monitorar pragas de solo da cana-de-açúcar?

Conhecidas como pragas de solo, estes insetos vivem subterraneamente ou na superfície, se alimentando das raízes da cana-de-açúcar e danificando as mudas cultivadas. Os ataques podem gerar mau desenvolvimento das plantas, redução da quantidade do caldo e até perda da […]

Leia na íntegra