4 dicas de segurança de dados para fazendas - Strider
4 dicas de segurança de dados para fazendas - Strider 4 dicas de segurança de dados para fazendas - Strider 4 dicas de segurança de dados para fazendas - Strider 4 dicas de segurança de dados para fazendas - Strider

4 dicas para garantir a segurança de dados da sua fazenda

4 min de leitura

Atualmente, existem muitos agricultores que utilizam serviços tecnológicos realizados via internet para auxiliar o serviço no campo. O crescimento tecnológico traz inúmeros benefícios, mas é preciso estar sempre atento aos riscos que o acompanham. Os ataques cibernéticos, ou ataques online, […]

por Syngenta Digital
4 dicas de segurança de dados para fazendas - Strider Voltar
4 dicas de segurança de dados para fazendas - Strider

Atualmente, existem muitos agricultores que utilizam serviços tecnológicos realizados via internet para auxiliar o serviço no campo. O crescimento tecnológico traz inúmeros benefícios, mas é preciso estar sempre atento aos riscos que o acompanham. Os ataques cibernéticos, ou ataques online, representam um grande risco para a segurança dos dados da sua fazenda. Por isso, é importante ficar atento e tomar alguns cuidados.

A seguir, veja 4 dicas para manter os dados de seu agronegócio seguros e vetar os principais ataques:

  1. Identifique os phishings

Phishing é a maneira usada por cibercriminosos para enganar usuários e adquirir informações pessoais ou empresariais, como senhas ou cartão de crédito, CPF/CNPJ e número de contas bancárias. O jeito mais comum de cair neste golpe é por meio de e-mails falsos que levam a sites maliciosos. Esses sites, por sua vez, “roubam” os seus dados e senhas.  

No caso dos agricultores, os Phishings podem solicitar dados de produção e os dados financeiros da fazenda. Normalmente, esses e-mails parecem enviados, de fato, por fontes legítimas, como bancos e empresas conhecidas. Porém, essas fontes não solicitam o envio de dados e senhas por e-mail sem que antes haja um contato prévio com o cliente.

Para evitar o recebimentos desses phishings, a dica é clicar apenas em links e anúncios necessários enquanto navegar por sites e redes sociais, além de não tratar assuntos relacionados aos dados de seu agronegócio em locais públicos. Ao receber qualquer e-mail que solicite dados sem que isso esteja combinado previamente, não responda e delete imediatamente.  

  1. Identifique e remova os malwares

Os malwares são softwares maliciosos que se infiltram nos sistemas, sem autorização do usuário, com o intuito de causar danos, alterações ou roubo de informações. Malwares geralmente acessam o sistema através da internet, e-mail e itens baixados.

Se o seu computador estiver lento ou travando constantemente, é provável que ele esteja infectado. A melhor maneira de identificar e se livrar de um malware é usar uma ferramenta de remoção desses arquivos (encontrada em qualquer bom software antivírus).

  1. Gerencie suas informações

           Além da preocupação técnica com segurança dos dados de sua fazenda, é preciso se preocupar com quem terá acesso a eles. Por isso, não compartilhe esses acessos com pessoas que não sejam da sua estrita confiança. Prefira deixar esses acessos a cargo de alguém que entenda das ferramentas e que não vai compartilhar esses dados com terceiros.

TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A NOVA LEI DE SEGURANÇA DE DADOS

  1. Escolha bem o sistema antivírus

Escolher bem o sistema vai garantir que os dados de sua fazenda não sejam afetados e nem invadidos. Após a escolha, é importante sempre atualizar o programa para a versão mais recente. Desta forma, você consegue diminuir as vulnerabilidades, que normalmente são corrigidas pelos fornecedores do sistema a cada nova versão. Não use cópia pirata e não instale programas sem saber sua origem, assim, será mais fácil conseguir suporte quando for necessário

Agora que você já sabe da importância da segurança de dados, está pronto para fazer a escolha de um parceiro digital eficiente e seguro. Leia os artigos abaixo e saiba como começar fazendo as escolhas certas!

Leia mais da categoria:

Posts
4 min de leitura
Grão de café no pé

Produtividade foi o principal fator de aumento da renda do produtor de café

Estudo da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), confirma que a mecanização foi o principal efeito positivo na produtividade da lavoura de café, tanto para a variedade arábica quanto para a conilon.  “A Cultura do Café: Análise dos Custos de Produção e […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura
fitotoxidade

Digital é aliado na prevenção da fitotoxicidade

O tratamento fitossanitário de pragas, doenças e daninhas controla os problemas na lavoura, mas também pode gerar efeitos indesejados. Um deles é o excesso de ativos de herbicidas na planta, fenômeno chamado de fitotoxicidade, comum nas culturas de soja, milho e algodão. O engenheiro agrônomo e Especialista em Transformação Digital […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura

Commodities agrícolas: Entenda porque os preços estão subindo tanto

Milho batendo recordes e sendo negociado a mais de R$100,00- o maior valor dos últimos sete anos. Preço do café arábica negociado acima de R$800,00 em algumas regiões do país. Para soja não se via algo tão alto desde 2012- o grão […]

Leia na íntegra