Digital ajuda a monitorar nuvem de gafanhotos - Syngenta Digital
Digital ajuda a monitorar nuvem de gafanhotos - Syngenta Digital Digital ajuda a monitorar nuvem de gafanhotos - Syngenta Digital Digital ajuda a monitorar nuvem de gafanhotos - Syngenta Digital Digital ajuda a monitorar nuvem de gafanhotos - Syngenta Digital

Digital ajuda a monitorar nuvem de gafanhotos

4 min de leitura

A nuvem de gafanhotos que já destruiu lavouras pela Argentina está perdendo força. O enxame de cerca de 40 milhões de insetos foi encontrado pelo Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar (Senasa) do país e atingido por aplicações aéreas de defensivos.  A praga se encontra próxima da fronteira com Brasil e […]

por Syngenta Digital
Digital ajuda a monitorar nuvem de gafanhotos - Syngenta Digital Voltar
Digital ajuda a monitorar nuvem de gafanhotos - Syngenta Digital
nuvem de gafanhoto

A nuvem de gafanhotos que já destruiu lavouras pela Argentina está perdendo força. O enxame de cerca de 40 milhões de insetos foi encontrado pelo Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar (Senasa) do país e atingido por aplicações aéreas de defensivos. 

nuvem de gafanhoto

A praga se encontra próxima da fronteira com Brasil e deixa produtores do Rio Grande do Sul em alerta, já que pode chegar a 200km/h e causar estragos equivalentes a 2 mil vacas pisoteando os talhões. 

É pouca a probabilidade de os gafanhotos atravessarem a fronteira, mas mesmo assim, Rio Grande do Sul e Santa Catarina seguem em estado de emergência fitossanitária por um ano para a implantação de um plano de supressão da Schistocerca cancellata.

A Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, explicou que a medida é preventiva, para que os agricultores tenham acesso aos métodos de combate à praga, caso ela chegue ao país.  

Especialista em Transformação Digital da Syngenta Digital Brasil, Junilma Sponchiado conta que a temperatura mais alta justifica a formação da nuvem de gafanhotos. O calor facilita a mutação no ciclo de desenvolvimento em que a ninfa se torna adulta mais rapidamente. Assim, os gafanhotos, de hábitos solitários, unem-se em grande quantidade à procura de comida.  

Grande nuvem, grandes prejuízos

nuvem de gafanhoto

Apesar de esporádica, a nuvem de gafanhotos pode causar até cem por centro de desfolha nas plantas, deixando grandes prejuízos para trás.  De acordo o Ministério da Agricultura, essa espécie está no Brasil desde o século 19 e causou perdas nas lavouras de arroz na região Sul nas décadas de 1930 e 1940. Desde então, nenhuma grande nuvem voltou a se formar. Houve alguns registros nos anos 1990 e 2015, com prejuízos, mas nada na proporção da nuvem que hoje ronda a Argentina. 

Para Bruno Cunha, Especialista de Transformação Digital da Syngenta Digital, o clima frio e chuvoso do Rio Grande do Sul pode ajudar a dispersar a nuvem atual. “É claro que é preocupante para a safra de inverno lá no Rio Grande do Sul, mas muito dela ainda está sendo plantada. O que pode ter mais impacto são principalmente pastagens, frutas, hortaliças e florestas nativas”, avalia.  

As ferramentas digitais ajudam, neste momento, no monitoramento da nuvem, por meio de aplicações aéreas que podem diminuir sua ação sobre as lavouras. Segundo Junilma Sponchiado, radares e satélites acompanham o deslocamento da nuvem. O Ministério da Agricultura ativou a base aérea e mapeou a região de fronteira por onde a praga pode entrar. Caso seja necessário,  serão aplicados defensivos com mapas direcionados. 

Leia mais da categoria:

Posts
4 min de leitura
Feira Virtual Syngenta

Soluções digitais são destaque em feira virtual da Syngenta

O produtor rural ávido por inovação pode, agora, ter acesso às soluções digitais oferecidas pela Syngenta com apenas alguns cliques. A Feira Virtual 360° é mais uma ação pioneira da companhia, que oferece ao grower a oportunidade de percorrer uma […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura
monitoramento de campo

Manejo de resistência e agricultura digital

“Estamos acompanhando, de forma cada vez mais rápida, o aparecimento de indivíduos resistentes a diversos produtos”. O alerta é da engenheira agrônoma e Especialista em Transformação Digital (ETD) Fabiana Chrispim, que percebe uma preocupação crescente entre os produtores. Afinal, o manejo de resistência é desafiador: esses organismos têm grande potencial destrutivo e os produtos para seu controle precisam ser […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura
colheita de soja

Estiagem e pandemia não impedem recorde na colheita de soja no Brasil

Apesar das grandes adversidades do último ano, como a pandemia do coronavírus e o atraso de chuvas, a colheita de soja 20/21 deve seguir batendo recordes no Brasil. A expectativa é de um aumento de 2,2% em relação à safra passada, com 127,57 milhões de toneladas, segundo estimativa da Associação Brasileira […]

Leia na íntegra