Planejamento rural. Como aplicá-lo na sua fazenda - Syngenta Digital
Planejamento rural. Como aplicá-lo na sua fazenda - Syngenta Digital Planejamento rural. Como aplicá-lo na sua fazenda - Syngenta Digital Planejamento rural. Como aplicá-lo na sua fazenda - Syngenta Digital Planejamento rural. Como aplicá-lo na sua fazenda - Syngenta Digital

Planejamento rural. Como aplicá-lo na sua fazenda

4 min de leitura

Todo negócio precisa ser bem planejado para se desenvolver e crescer. No mundo do agronegócio não seria diferente. Quem tem propriedade rural conhece a importância de se ter objetivos bem definidos. O planejamento rural pauta todas a decisões seja no […]

por Luisa Torres
11 de agosto de 2021
Planejamento rural. Como aplicá-lo na sua fazenda - Syngenta Digital Voltar
Planejamento rural. Como aplicá-lo na sua fazenda - Syngenta Digital
planejamento rural

Todo negócio precisa ser bem planejado para se desenvolver e crescer. No mundo do agronegócio não seria diferente. Quem tem propriedade rural conhece a importância de se ter objetivos bem definidos. O planejamento rural pauta todas a decisões seja no período de safra ou de entressafra

A grande questão é: como fazer um planejamento rural de qualidade e que de fato atenda às suas necessidades? O primeiro passo é reconhecer a sua importância e o impacto que ele tem no dia a dia. Em seguida, é preciso conhecer as diferentes fases que compõem esse planejamento. Neste artigo explicamos todos esses conceitos, leia até o final e saiba como ter uma gestão da sua propriedade ainda mais efetiva.   

Planejamento rural e a sua importância na prática

O planejamento rural nada mais é do que um processo que une a eficácia e efetividade tendo como base uma meta futura ligada ao agronegócio, mais especificamente à sua propriedade. Nele, diversas ações são planejadas e quando integradas aceleram o desenvolvimento rural. 

Uma de suas principais características é a dinamicidade. Ele utiliza o levantamento de dados, o diagnóstico da propriedade rural, interpretação de dados socioeconômicos, definição de metas e também de ações a serem cumpridas, que possam contribuir de forma positiva.

O planejamento rural ajuda bastante os produtores em todas as etapas, desde a organização do plantio até a definição de preços de mercado. Ter um panorama do que pode vir pela frente permite ainda uma economia na compra de insumos, de sementes até no aluguel de máquinas e no armazenamento da produção. 

As chances de aumentar a produtividade e, consequentemente, a lucratividade são maiores quando se tem um planejamento rural bem estruturado. A seguir, você conhecerá as variáveis a serem consideradas nesse planejamento!

Pessoas fazendo planejamento rural
Um bom planejamento rural garante mais rentabilidade e produtividade ao negócio

Planejamento técnico-produtivo

O planejamento técnico-produtivo é essencial para as propriedades rurais. Por meio dele é possível estabelecer quais os ciclos produtivos dentro da propriedade e recursos necessários para mantê-los, bem como a sua demanda periódica e também quantidade necessária para a produção. 

Lembrando que quando se trata do aspecto técnico-produtivo é preciso considerar também as condições biológicas da propriedade (solo, nutrientes presentes, recursos hídricos), ajudando assim na análise da necessidade de investimentos em uma determinada área rural.

Esse tipo de planejamento é fundamental para o estabelecimento de metas e objetivos, que são a base para o crescimento e desenvolvimento dos processos produtivos. De maneira geral, o principal objetivo dele é a busca pela máxima eficácia produtiva e otimização do uso de recursos existentes. 

Lembrando que buscar maior produção não significa necessariamente maior lucro. Isso porque outros fatores precisam ser considerados, como o preço dos insumos no mercado, (defensivos, sementes, por exemplo). Logo, vale a pena considerar outros tipos de planejamento para ter uma confiabilidade maior dos resultados. 

Planejamento mercadológico

O planejamento mercadológico também precisa ser incorporado ao planejamento rural. Como se sabe, entre tantos fatores, o agronegócio é impactado diretamente pelas mudanças econômicas. O aumento do dólar pode fazer com que os preços dos insumos disparem, ao mesmo tempo em que os valores pagos pela produção de determinado cultivo aumentam. 

O objetivo desse tipo de planejamento é fazer com que o produtor rural consiga menores preços nas compras de insumos e maiores valores no momento de negociar a venda de sua safra. 

Outro aspecto importante considerado nesse modelo é a análise de dados do mercado, fundamental para se definir os investimentos e organizar outras etapas do planejamento rural, que você conhecerá a seguir. 

Planejamento financeiro

Um componente importante e indispensável para qualquer boa gestão é o planejamento rural financeiro. Nele, são definidas ações que serão fundamentais para a rentabilidade da propriedade. Objetivos bem definidos devem ser estabelecidos para a organização das contas da sua propriedade. 

O primeiro passo do planejamento financeiro é fazer um diagnóstico do “caixa” da fazenda. Ele ajudará a dar uma dimensão de como se encontra a situação do negócio rural e quais são os recursos financeiros disponíveis. Para isso são feitas análises de safras anteriores, considerando gastos, produção e lucro. Culturas cultivadas, operações agrícolas em geral, insumos comprados, pagamento de fornecedores, entre outros também devem ser detalhados neste momento do planejamento.

Não se esqueça de registrar a receita e os custos. Tudo precisa estar especificado, desde o pagamento da mão de obra até financiamentos solicitados. Isso permitirá traçar planos, como futuros investimentos e redução de custos . 

É interessante que nas especificidades financeiras o controle de estoque também esteja presente. Ele deve ser feito com atenção para que se saiba a capacidade de armazenagem de produtos a serem vendidos, além de evitar a aquisição de insumos sem necessidade. Lembre-se de que produto em estoque significa dinheiro parado, logo, é bom otimizar o seu planejamento para não ter insumos a mais que o necessário.

2 homens realizando um plano de gestão rural
Prever e criar um gerenciamento de risco da operação ajuda a diminuir os impactos que possam vir a surgir durante a safra

Planejamento rural estratégico

O planejamento estratégico é o mais completo e  engloba todos os aspectos que já citamos: técnico-produtivo, mercadológico e financeiro. Por meio dele, é possível ter uma visão mais abrangente e de longo prazo para o negócio. Pensando estrategicamente é possível definir e alinhar todos os planejamentos anteriores, a fim de que as tomadas de decisões deles tenham um reflexo positivo tanto no médio quanto no longo prazo. 

Uma importante dica para quem está fazendo o planejamento estratégico rural é estabelecer uma política de gerenciamento de risco da operação. Isso envolve muito mais que fazer a gestão de preços ou  se adaptar às mudanças climáticas. Ela visa evitar impactos negativos na safra.

Para isso é necessário mapear a cadeia produtiva, identificar pontos fracos e fortes  e o que ainda pode ser explorado, definindo assim qual caminho seguir. Todos eles ajudam no posicionamento no mercado. 

Como visto, o planejamento rural está ligado diretamente à tomada de decisões, tornando o  dia a dia do produtor rural muito mais simples. São estratégias definidas que ajudam a evitar transtornos e prejuízos para a propriedade, o que gera melhores resultados e permite planejar o futuro. 

E então, gostou de aprender melhor sobre planejamento rural e sobre os benefícios que ele traz? Acompanhe o nosso blog!

Leia mais da categoria:

Gestão agro
4 min de leitura
Catálogo de defensivos agrícolas

Agrofit: saiba todos os detalhes sobre esse banco de dados essencial ao produtor rural

O controle fitossanitário é uma das principais preocupações do produtor rural, afinal, ele faz toda a diferença para a boa produtividade da safra. Mas a quantidade de doenças, pragas e daninhas é enorme, assim como as possibilidades de defensivos que podem ser […]

Leia na íntegra
Gestão agro
4 min de leitura
homens se cumprimentando no campo

Liderança no agronegócio

Os produtores brasileiros Renato Neira Felcar e Fábio Sabó estão separados por mais de mil quilômetros de distância, mas suas histórias apresentam um ponto em comum: foram sucessores dos negócios que nasceram pelas mãos de seus pais. Felcar, agrônomo e […]

Leia na íntegra

Missão: mulheres do agro – “O que aprendi até aqui”

Além do meu trabalho como Diretora na Labhoro, tenho a oportunidade de viajar pelas regiões agro do país realizando algumas missões de conhecimento para mulheres no agronegócio. Essa é a essência do projeto que idealizei, o Missões Mulheres do Agro. […]

Leia na íntegra