Análises NDVI geram valor dentro do Cropwise Protector - Syngenta Digital
Análises NDVI geram valor dentro do Cropwise Protector - Syngenta Digital Análises NDVI geram valor dentro do Cropwise Protector - Syngenta Digital Análises NDVI geram valor dentro do Cropwise Protector - Syngenta Digital Análises NDVI geram valor dentro do Cropwise Protector - Syngenta Digital

Análises NDVI geram valor dentro do Cropwise Protector

4 min de leitura

Gerar inteligência agronômica a partir de dados é o objetivo de todo produtor que deseja levar mais eficiência para sua operação. O Cropwise Protector, ferramenta digital que está em mais de quatro milhões de hectares pelo mundo, permite que o agricultor acesse […]

por Syngenta Digital
Análises NDVI geram valor dentro do Cropwise Protector - Syngenta Digital Voltar
Análises NDVI geram valor dentro do Cropwise Protector - Syngenta Digital
NDVI

Gerar inteligência agronômica a partir de dados é o objetivo de todo produtor que deseja levar mais eficiência para sua operação. O Cropwise Protector, ferramenta digital que está em mais de quatro milhões de hectares pelo mundo, permite que o agricultor acesse essas informações em tempo real para fazer melhores escolhas ao longo da safra.

A integração com o Cropwise Imagery faz da análise NDVI mais uma fonte de conhecimento sobre a área. Tanto no aplicativo de celular quanto na versão para web, as soluções digitais integradas oferecem uma visão mais próxima da lavoura. 

À frente da expansão do Cropwise Imagery para o mercado, Leonardo Teixeira explica que as tecnologias são complementares. “A análise NDVI traz um índice de vegetação, mostra a disponibilidade de biomassa naquele talhão. Dentro do Protector, é possível sobrepor a imagem da área a um mapa de calor que vai mostrar a infestação de pragas, por exemplo”, explica.  

Ainda segundo o Analista de Desenvolvimento de Negócios, as informações coletadas com o Cropwise Protector ajudam o produtor a entender o que pode estar por trás de manchas ou inconsistências percebidas na área. Sobre os ganhos da integração, Teixeira completa: “Cruzando os dados do Protector com a imagem de satélite, eu consigo visualizar aquela ocorrência, mensurar o seu impacto e, assim, ter mais confiabilidade na decisão”.  

NDVI

Angelo Silva é Especialista em Transformação Digital (ETD) da Syngenta Digital e vê grande versatilidade na integração das tecnologias. A ferramenta que utiliza imagens de satélite é frequentemente utilizada por produtores na construção de zonas de manejo inteligentes, baseadas nas irregularidades notadas por meio do NDVI. “A amostragem de solo é baseada nas zonas de manejo geradas pelas imagens de NDVI e, com o Protector, o produtor pode realizar a amostragem de solo de maneira precisa, consequentemente após os resultados das análises de solo uma possível aplicação localizada de fertilizante”, explica.

Para além das análises de solo, o ETD atende a clientes que utilizam as ferramentas na cultura da soja, para avaliar a dessecação com base na quantidade de biomassa e acelerar esse processo de secagem do grão, se necessário.  

Mais informação, mais eficiência com o NDVI

NDVI

De acordo com Ângelo Silva, o resultado da utilização das imagens com análise NDVI é otimização de tempo e de recursos. “No caso do solo, a gente tem maior precisão nas coletas, a realização da aplicação localizada de fertilizantes. Eu vejo um ganho econômico”, conta. “Em relação à dessecação da soja”, continua, “o NDVI traz uma tomada de decisão mais assertiva, na hora certa”.  

A criação de zonas de manejo vai ao encontro do modelo de agricultura de metro quadrado, em que as decisões agronômicas são tomadas a partir de dados confiáveis de uma área determinada. Em última análise, de acordo com Leonardo Teixeira, a presença de mapas de índice de vegetação gerados de forma periódica no Protector permitem uma análise mais próxima da lavoura: “É possível ter olhos na lavoura, acompanhar as áreas de qualquer lugar, a qualquer hora”, reforça. 

Leia mais da categoria:

Posts
4 min de leitura
soja-lagarta-praga-plusia

Manejo Integrado de Pragas reduz uso de defensivos e traz lucro para cooperados

Paulo Eduardo e Bruno Leite Neves, proprietários da fazenda São Carlos, em Balsa Nova (PR), são produtores cooperados da Frísia e contam com um acompanhamento especializado em sua plantação de soja. O suporte técnico em Manejo Integrado de Pragas (MIP), […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura
nematoides

Georreferenciamento do Protector facilita controle de nematoides

“Todo profissional, quando se forma hoje, já nasce num mercado onde papel e caneta estão deixando de ser utilizados. Já nasce no mundo digital. Hoje, existe uma abertura muito grande das pessoas em usar tecnologia”. É assim que o Diretor Agrícola […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura
capim amargoso

Digital no manejo do capim-amargoso gera 55% de economia em defensivos

No último mês de 2020, um agricultor mato-grossense do município de Tapurah contou com o apoio da consultoria regionalizada da Syngenta Digital para tomar melhores decisões no manejo de plantas daninhas. A parceria entre o consultor, quem mais entende do sistema, e o agricultor, que melhor conhece sua lavoura, gerou um controle assertivo do capim-amargoso, planta de difícil combate. O resultado […]

Leia na íntegra