Heróis do Agro - Syngenta Digital Heróis do Agro - Syngenta Digital
Heróis do Agro - Syngenta Digital
Heróis do Agro - Syngenta Digital Heróis do Agro - Syngenta Digital Heróis do Agro - Syngenta Digital Heróis do Agro - Syngenta Digital

Heróis do Agro

4 min de leitura

Eles não usam capa, não têm superpoderes e nem são invencíveis. Mas existem alguns profissionais que estão revolucionando a agricultura com uma visão fora da caixa e a vontade de produzir cada vez com mais qualidade! Aqui, esses heróis são […]

por Syngenta Digital
Heróis do Agro - Syngenta Digital Voltar
Heróis do Agro - Syngenta Digital

Eles não usam capa, não têm superpoderes e nem são invencíveis. Mas existem alguns profissionais que estão revolucionando a agricultura com uma visão fora da caixa e a vontade de produzir cada vez com mais qualidade!

Aqui, esses heróis são pessoas reais, que amam e respeitam o campo e que desejam construir um futuro sustentável. Conheça, a seguir, 5 nomes para se inspirar no agronegócio brasileiro:

João Leite – 61 anos

Coordenador de operações

Iniciação: De família com origem no interior, mas criado na cidade grande, foi estudar Agronomia para retomar o contato com o campo e ficar longe dos escritórios e empregos tradicionais.

Rotina: Entre os meses de outubro e março fica de segunda a segunda em campo, coordenando a safra de soja da Agropecuária Mafra. Nos meses seguintes gerencia a safra de milho e tira um tempo para estar com a família.

Motivação e sonhos: “Adoro fazendas, adoro trabalhar com alimentos. Ser coordenador de agricultura me permitiu ter mais tempo para olhar para o campo, isso me motiva todos os dias. Espero cada dia encontrar formas de produzir mais e com mais qualidade”.

Marcelo Vieira Ribeiro – 30 anos

Agrônomo

Iniciação: A paixão pela agronomia veio de seu avô, que é engenheiro agrônomo. Em 2013 tornou-se trainee na Adecco, uma das principais empresas produtoras de alimentos e energia renovável da América do Sul.

Rotina: Atualmente gerencia uma equipe de 25 pessoas, fornecendo índices de produtividade e ajudando na tomada de decisão da empresa.

Motivação e sonhos: “Quanto mais aumentamos a eficiência em campo, melhor nossa imagem profissional no mercado. O que me motiva hoje é o crescimento!”

Delmo Jose da Mota – 39 anos

Monitorador de pragas

Iniciação: Começou a trabalhar com monitoramento de pragas aos 18 anos. Na época, usava planilhas e fazia o monitoramento todo a pé.

Rotina: Responsável pelo monitoramento das fazendas do Grupo Eduardo Campos. Suas rotas hoje são feitas de moto e as análises reportadas em softwares.

Motivação e sonhos: “Tenho paixão pelo campo e não quero outra coisa para minha vida. Nesta profissão todo dia surgem imprevistos, mas sempre encontramos soluções. Vejo um futuro em que a agricultura está caminhando para melhor”.

Maurício Nicocelli – 30 anos

Consultor em tecnologia

Iniciação: Escolheu ser engenheiro agrônomo pensando na produção de alimentos, em mudar a vida das pessoas.

Rotina: Após coordenar projetos de agricultura de precisão e plantio em grandes empresas, hoje ensina profissionais do agro a trabalhar com tecnologia.

Motivação e sonhos: “Hoje meu maior desejo é tornar a tecnologia difundida e acessível para todo tipo de produtor.”

Nildeni Novaes – 27 anos

Auxiliar de técnico agrícola

Iniciação: Filha de pequenos agricultores, sempre esteve envolvida no meio agrícola. Em 2010 formou-se em Técnica em Agropecuária e no ano seguinte foi contratada como Auxiliar de técnico Agrícola da Fazenda Horichapada.

Rotina: É responsável pelo monitoramento de pragas e doenças, por trabalhos que avaliam desde o plantio até a colheita da cultura e por atividades relacionadas ao setor ambiental da empresa.

Motivação e sonhos: “Produzir alimentos é algo encantador e o número de pessoas que precisam de alimentos aumenta a cada dia. Meus sonho é continuar fazendo diferença por onde passo, com respeito e dedicação sempre!”

Leia mais da categoria:

Entrevista com SJC

Crescimento sustentável com alta eficiência, baixo custo e produtos de maior valor agregado. É desta forma que a SJC Bioenergia pretende produzir açúcar, etanol de cana e milho e seus coprodutos nos próximos anos. Localizada em Goiás, a empresa possui […]

Leia na íntegra
6ª Edição Cultura
4 min de leitura
cana-de-açúcar

Fim da broca da cana?

A broca da cana é a principal praga que ataca a cultura da cana-de-açúcar no Brasil e causa prejuízos estimados em R$ 5 bilhões anuais ao setor sucroenergético. Mas a aprovação do uso comercial de uma nova variedade de cana-de-açúcar […]

Leia na íntegra
6ª Edição Tecnologia no agro
4 min de leitura

Quero parar de andar a pé, mas não preciso de uma Ferrari

Proponho lançarmos um olhar sobre o processo de adoção de tecnologia. No agro, este fenômeno tem acontecido de forma particularmente rápida. Em um curto espaço de tempo saímos de um cenário em que a tecnologia era vista como arriscada e […]

Leia na íntegra