MS estabelece data limite para cultivo da soja
MS estabelece data limite para cultivo da soja MS estabelece data limite para cultivo da soja MS estabelece data limite para cultivo da soja MS estabelece data limite para cultivo da soja

MS estabelece data limite para cultivo da soja

4 min de leitura

A Secretaria do Estado do Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), de Mato Grosso do Sul, publicou a resolução da Semagro n° 648, de 15 de agosto de 2017, que mantém o período do vazio sanitário (15 […]

por Syngenta Digital
MS estabelece data limite para cultivo da soja Voltar
MS estabelece data limite para cultivo da soja

A Secretaria do Estado do Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), de Mato Grosso do Sul, publicou a resolução da Semagro n° 648, de 15 de agosto de 2017, que mantém o período do vazio sanitário (15 de junho a 15 de setembro) e determina data-limite para semeadura da soja, no Estado. Portanto, a partir da safra 2017/2018, os produtores de soja de Mato Grosso do Sul terão calendário para a semeadura da soja, que deverá ser realizada entre 16 de setembro e 31 de dezembro de cada ano.

A calendarização da semeadura da soja é uma medida, estabelecida por normativas estaduais em sete estados produtores de soja: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina, Tocantins e Bahia. Veja detalhes no quadro. Nos estados do Paraná, do Mato Grosso e da Bahia, além de estabelecido calendário com data-limite de semeadura, fica proibido o cultivo da soja sobre soja, conhecida popularmente como soja-safrinha.

Para a pesquisadora Cláudia Godoy, da Embrapa Soja, o objetivo da calendarização é reduzir o número de aplicações de fungicidas ao longo da safra e com isso reduzir a pressão de seleção de resistência do fungo aos fungicidas. “Populações menos sensíveis a fungicidas inibidores da desmetilação (IDM ou “triazóis”), inibidores de quinona externa (IQe ou “estrobilurinas”) e inibidores da succinato desidrogenase (ISDH ou “carboxamidas”) já foram observadas no campo”, explica a pesquisadora.

Leia também: Fundamentos Para O Cultivo Da Soja. Acompanhe também nossas redes sociais em FacebookInstagramLinkedIn e Youtube.

Leia mais da categoria:

Posts
4 min de leitura

Commodities agrícolas: Entenda porque os preços estão subindo tanto

Milho batendo recordes e sendo negociado a mais de R$100,00- o maior valor dos últimos sete anos. Preço do café arábica negociado acima de R$800,00 em algumas regiões do país. Para soja não se via algo tão alto desde 2012- o grão […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura

A importância da comunicação em cada aldeia

Por Gabriel Colle  Cada vez mais os profissionais do campo precisam se comunicar com a sociedade para que a população urbana tenha em mente a importância da agricultura em suas vidas. Mais do que uma maneira de valorizar o setor, […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura
Mulheres ganham espaço no agronegócio

Participação das mulheres no agronegócio é uma tendência inegável, aponta pesquisa

Como forma de celebrar o Dia Internacional da Mulher, comemorado no dia 8 de março, o Instituto de Estudos do Agronegócio – IEAg, da ABAG, em pareceria com a PwC e o Transamerica Expo Center, apresentaram os resultados de uma pesquisa […]

Leia na íntegra