Regiões agrícolas do Brasil: descubra quais são as principais
Regiões agrícolas do Brasil: descubra quais são as principais Regiões agrícolas do Brasil: descubra quais são as principais Regiões agrícolas do Brasil: descubra quais são as principais Regiões agrícolas do Brasil: descubra quais são as principais

Regiões agrícolas do Brasil: descubra quais são as principais

4 min de leitura

O Brasil é uma potência quando o assunto é o agro. Cada uma das regiões agrícolas do país desempenha papel fundamental para que as lavouras brasileiras – são mais de 63 milhões de hectares, de acordo com o último Censo […]

por Syngenta Digital
Regiões agrícolas do Brasil: descubra quais são as principais Voltar
Regiões agrícolas do Brasil: descubra quais são as principais

O Brasil é uma potência quando o assunto é o agro. Cada uma das regiões agrícolas do país desempenha papel fundamental para que as lavouras brasileiras – são mais de 63 milhões de hectares, de acordo com o último Censo Agropecuário – sigam batendo recordes. 

Nas últimas décadas, a agricultura tropical passou por um desenvolvimento marcante e as regiões agrícolas brasileiras experimentaram uma série de avanços. Com toda essa modernização, o agro brasileiro acabou sendo reconfigurado em espaços geográficos e nas divisões territoriais.

Uma das principais marcas da agricultura do Brasil – e também, por extensão, a pecuária – é a formação dos complexos agrícolas, desenvolvidos nas regiões que englobam os estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Confira abaixo o que plantam e como funcionam as principais regiões agro do país:

As regiões agrícolas do país:

Região agrícola do sul

Mapa região sul brasil

Na região Sul, a produção agrícola é caracterizada pela expansão da soja voltada para a exportação e pela modernização agrícola. Nos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, a produção de soja é bastante significativa. Além da soja, são cultivados o milho, a cana-de-açúcar e o algodão.

A produção de arroz e trigo também ganha destaque no Rio Grande e no Paraná, respectivamente. A soja e as carnes são as grandes pautas da exportação, vendidos para países do Mercosul e do Oriente Médio, China e Estados Unidos.

Região agrícola do sudeste

mapa região sudeste brasil

Na região sudeste, assim como na região sul, atividades agrícolas com uso de alta tecnologia são predominantes. Apesar de a agricultura encontrar-se mais subordinada à indústria, é importante destacar também os altos índices de produtividade e o excelente solo nessa região.

Por outro lado, com a grande presença de maquinários, a geração de empregos manuais é limitada, mas a oferta cresce nas agroindústrias.

A região sudeste é considerada a região mais forte economicamente. Ela reúne São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo. O Sudeste se destaca, no agropecuário, pela produção de cana de açúcar e de carne bovina. Cerca de 50% da cana brasileira é produzida ali.

As principais culturas cultivadas são o café, a cana-de-açúcar e a fruticultura – com ênfase para os laranjais -, além de algodão, amendoim, milho, mandioca, arroz, feijão, soja e arroz.

Região agrícola do nordeste

mapa região nordeste brasil

A região nordeste seja, talvez, uma das regiões agrícolas com maior pluralidade. Nas áreas semiáridas, ressaltamos a presença da agricultura familiar. Na Zona da Mata, local mais úmido, predomina o sistema agrícola baseado na monocultura de exportação.

A cultura mais expressiva é o hortifruti. O principal cultivo é o de frutas como o melão, a uva, a manga e o abacaxi. Além disso, a agricultura de subsistência também possui um importante papel.

Assim como a região Sudeste, a Nordeste também tem grande representatividade na produção de cana-de-açúcar. A região também exporta soja, saídas da Bahia e do Piauí, em menor expressão.

banner ebook agro pos pandemia

Região agrícola do centro-oeste

mapa centro oeste brasil

A região Centro-Oeste é a área em que a mecanização mais se expande. Essa expansão acontece em direção à Amazônia, o que pressiona a expansão da fronteira agrícola para o norte do país.

A Revolução Verde – expressão que refere-se à invenção e disseminação de novas sementes e práticas agrícolas que aumentam a produção -, foi a principal responsável pela ocupação dos solos do Cerrado nesta região. Ela permitiu o cultivo de diversas culturas em seus solos de elevada acidez.

A região é composta pelos estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal. É uma região essencialmente agrícola. Esses quatro estados representam os maiores produtores de grãos do Brasil, com as culturas de soja, milho e arroz. Além disso, a produção de algodão também recebe um destaque nacional.

A soja é o principal produto agrícola da região, liderança, também, do Mato Grosso, como maior produtor local. O estado é o quarto maior produtor mundial de soja. O produto é o carro-chefe das exportações, com destino à China e aos Estados Unidos, além de abastecer o mercado interno.

Região agrícola do norte

mapa região norte brasil

Por fim, a região Norte é uma das regiões agrícolas que tem se destacado por receber as principais frentes de expansão, vindas do Nordeste e do Centro-Oeste, como MaToPiBaPa (Maranhão, Tocantins, Piauí, Bahia e Pará), por exemplo, é a área onde a expansão das atividades agrárias ocorre mais intensamente, o que torna a região Norte como o futuro centro de crescimento do agronegócio brasileiro.

As atividades mais praticadas nessa região ainda são de caráter extensivo e de busca por tecnologia, o que o torna um mercado promissor e de crescimento acelerado. Tem ênfase na soja em expansão e em outros produtos que passam a competir com o extrativismo vegetal que existe na região.

Em Rondônia, a produção de soja, milho e de gado abastece o território nacional. Já em Roraima, são produzidos bananas, laranjas e peixe que são destinados ao mercado urbano de Manaus.

Agora que você já sabe quais as principais regiões agrícolas do Brasil e o que é produzido ali, não deixe de buscar sempre as novidades do setor que surgem por lá.

A digitalização das regiões agrícolas 

Não há desenvolvimento sem tecnologia e inovação. Para que o Brasil siga evoluindo e desempenhando esse papel fundamental para a segurança alimentar mundial, é crucial que as regiões agrícolas tenham lavouras cada vez mais digitalizadas. Um pesquisa realizada pela Embrapa em 2020 relevou que 84% dos agricultores brasileiros já utilizam pelo menos uma tecnologia digital no processo produtivo. O levantamento obteve informações de 504 produtores, em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal.

O resultado é animador, mas ainda há um longo caminho rumo à ampla adoção da agricultura digital. Há entraves importantes, como a falta de uma infraestrutura adequada de conectividade. A boa notícia, de acordo com o estudo, é que os produtores estão buscando a digitalização, 95% deles manifestaram interesse por conhecer e adotar tecnologias digitais em suas fazendas.

Leia mais da categoria:

Posts
4 min de leitura
colheita

Os monitoramentos na colheita com o Cropwise Protector

O Cropwise Protector está em todas as etapas produtivas do cultivo de diversas culturas, permitindo acesso a dados confiáveis de forma rápida para auxiliar nas tomadas de decisão do agricultor. Com a proposta de ser simples, inteligente e descomplicada, a ferramenta digital fornece suporte em todas as fases da […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura

Principais pragas da cana-de-açúcar

  Gostou do post? Veja também: “Controle biológico em canaviais é eficaz?”. Acompanhe nossas redes sociais em Facebook, Instagram, LinkedIn e Youtube.

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura

Nematoides: o que são e como controlar de forma eficaz

Além de retirar substâncias nutritivas das plantas, os nematoides provocam a injeção de substâncias tóxicas no interior da célula vegetal. Estes são apenas dois de vários prejuízos causados por esses vermes que possuem o corpo pequeno (0,3 a 3mm de […]

Leia na íntegra