Você sabe avaliar a saúde da sua planta? Você sabe avaliar a saúde da sua planta?
Você sabe avaliar a saúde da sua planta?
Você sabe avaliar a saúde da sua planta? Você sabe avaliar a saúde da sua planta? Você sabe avaliar a saúde da sua planta? Você sabe avaliar a saúde da sua planta?

Fitossanidade: aprenda a usar a folha como um parâmetro para avaliar a saúde do vegetal

4 min de leitura

Você tem observado a folhagem de suas culturas? As folhas são um ótimo parâmetro para avaliar a saúde da planta e identificar se ela está recebendo a quantidade certa de nutrientes, água, luz ou se está sendo atacada por alguma praga, […]

por Syngenta Digital
Você sabe avaliar a saúde da sua planta? Voltar
Você sabe avaliar a saúde da sua planta?
folhas secas

Você tem observado a folhagem de suas culturas? As folhas são um ótimo parâmetro para avaliar a saúde da planta e identificar se ela está recebendo a quantidade certa de nutrientes, água, luz ou se está sendo atacada por alguma praga, ou seja, sua fitossanidade

Essa questão é tão importante que a Assembleia Geral das Nações Unidas escolheu 2020 como o ano internacional da fitossanidade. E o que é isso, você pode se perguntar, certo? Fitossanidade nada mais é do que a saúde das plantas, assim, o objetivo é divulgar o papel dessa questão tanto para a biodiversidade quanto para garantir bons alimentos

Sabemos que toda planta está sujeita à ação de insetos, ácaros e microrganismos fitopatogênicos, agentes bastante prejudiciais e que podem levar à perda de boa parte das safras.  

Mas, embora o ataque de pragas seja um processo natural, isso pode ser intensificado e tornar-se um grave problema. Por isso, é importante entender um pouco sobre a fitossanidade, a fim de evitar a morte ou eventuais danos a um talhão inteiro

Neste texto, a gente fala sobre questões de fitossanidade e boas práticas para sua cultura. Acompanhe! 

Por que é importante garantir a fitossanidade? 

O conceito de fitossanidade, ou saúde das plantas, é fundamental para garantir uma grande produção em uma mesma área. Dessa forma, os produtores, ao se atentar para esse fator, conseguem ótimas produtividades e, consequentemente, um lucro mais interessante de sua produção. 

Assim, em um mesmo pedaço de terra, você consegue melhor produtividade ao usar boas tecnologias e o manejo correto da plantação. Como consequência, é possível evitar a abertura de novas áreas e o desmatamento, sem falar na contaminação de áreas vizinhas. 

Quais são os riscos para a saúde das plantas? 

Em um nível global, pode acontecer a disseminação de bactérias, vírus, fungos e insetos de uma área para a outra, alterando a qualidade e produtividade da safra.  

Entretanto, quando você está por dentro das boas práticas de fitossanidade, consegue proteger as plantas, evitando a disseminação das pragas

Então, quais são essas boas práticas para a saúde das plantas? 

O principal ponto aqui é o monitoramento.

Na prática, trata-se de uma série de cuidados que unem ações de inteligência, uma vez que mapeiam informações em diversos níveis a fim de simular cenários, definir riscos e ainda agir na proteção às lavouras.  

Esse processo deve ser conduzido de maneira integrada, com ajuda de tecnologia, ao fazer levantamentos e construção de bases de dados sólidas e confiáveis que atendam aos interesses do produtor. Ao apostar em aplicativos agrícolas como o Cropwise Protector, você monitora a saúde das plantas de onde estiver e facilita a tomada de decisões. 

Vale dizer, ainda, que as estratégias agronômicas do manejo de pragas, que são ensinadas nas universidades, nem sempre refletem a rotina da agricultura. O que acontece é que o equilíbrio e a eficiência das tecnologias podem ficar prejudicados caso a teoria e a prática não estejam em sintonia.  

Por isso é tão importante observar a realidade do campo — sem o desenvolvimento de políticas próprias e o uso de produtos adequados, podemos reduzir as alternativas tecnológicas à disposição dos agricultores, ameaçando a boa produtividade. 

Para usar corretamente as técnicas de fitossanidade, é necessário contar com um especialista – como um engenheiro agrônomo – para estudar as melhores alternativas para o seu tipo de lavoura. Ao conhecer as características da plantação, é possível escolher o tratamento certo para proteger a saúde das plantas — com isso, é claro, você terá os melhores resultados

E o que o aspecto das folhas tem a ver com a saúde das plantas? 

Como dissemos no começo deste texto, você tem ótimos indicativos da saúde das plantas a partir da observação das folhagens. Acompanhe nosso infográfico para saber qual é o problema e como cuidar! 

Fitossanidade

Outros cuidados essenciais para a fitossanidade 

Para te ajudar a cuidar da sua lavoura, confira a seguir algumas dicas que vão deixar suas plantas vivas por muito mais tempo. Dessa forma, você mantém a cultura plantada saudável e garante a produtividade. Veja só! 

Trate do solo com antecedência 

Garantir que a terra terá todos os nutrientes necessários para a plantação deve ser uma das suas primeiras boas práticas. Checar a analise de solo, adubação correta e o processo de calagem são boas práticas iniciais. 

Além disso, o monitoramento das daninhas é outro ponto que deve ser visto com atenção. Caso contrário, você pode sofrer com pragas e com a competição de diversas plantas pelos nutrientes de um mesmo solo. Além disso, muita atenção na hora de usar herbicidas — peça ajuda a profissionais para usar o produto certo na dosagem necessária. Caso contrário, você pode aumentar a resistência das daninhas. E nem de longe esse é o objetivo, concorda? 

Evite o contágio  

Cada espécie de planta possui necessidades específicas de umidade, luminosidade e cuidados quanto ao manuseio, que precisam ser atendidos. A precaução mais importante é evitar a exposição a ambientes que estejam propícios aos ataques. Sabendo que nas grandes lavouras isso não funciona, evitar ao máximo essa situação. 

Assim, cultive as plantas em locais com boas condições para o seu desenvolvimento, limpe muito bem as tesouras antes de realizar as podas e nunca introduza espécimes contaminados no jardim, pois as pragas podem espalhar-se e contaminar outros vasos. 

Cuide das plantas contaminadas 

Se as plantas já estiverem contaminadas, algumas medidas podem ser adotadas para controlar a infestação. O primeiro passo é identificar o que está atacando as plantas, assim é possível combater de forma correta, fazendo o melhor manejo para tal. 

Após a identificação do problema, uma alternativa é fazer o combate às pragas e iniciar um monitoramento mais detalhado da situação. Entender bem da cultura vai ajudar a agir sempre no momento certo. 

Sabendo de tudo isso, agora, você só precisa dedicar mais atenção para a fitossanidade. Com os cuidados certos, toda a plantação trará bons resultados e você acaba evitando desnecessários.  

Então, para garantir uma boa produtividade, lembre-se de alguns detalhes: cuide do solo antes, analise as folhagens para identificar o que está faltando ou sobrando no cultivo e conte com profissionais para recomendar os melhores produtos. A tecnologia também é de grande ajuda, com o app certo, você concentra todas as informações em um único lugar. 

Por isso, que tal saber mais sobre o Cropwise Protector e o que ele pode fazer pelo seu cultivo

Leia mais da categoria:

Manejo
4 min de leitura
Solo arenoso

Entenda como é o manejo do solo arenoso

Fonte da foto de capa: AGEITEC – Embrapa. Quando falamos sobre agricultura e tudo que ela envolve, um dos primeiros tópicos que vem à tona é o solo. A área onde será cultivada uma cultura ou mesmo que servirá de […]

Leia na íntegra
Manejo
4 min de leitura

Manejo Biológico: opção ecológica contra as pragas

O Brasil é o segundo maior produtor de soja do mundo, perdendo apenas para os Estados Unidos. Dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) mostram que na safra 2015/2016 a cultura ocupou uma área de 33,17 milhões de hectares, o […]

Leia na íntegra
Cultura Manejo
4 min de leitura
cercosporiose café

Cercosporiose do café: conheça uma das principais doenças da cultura

O café é uma cultura que se destaca no cenário do agronegócio nacional, sendo o Brasil o maior produtor e exportador do fruto no mundo. Apesar da sua importância, o cafeeiro sofre inúmeras perdas devido às doenças, pragas e outros […]

Leia na íntegra