Importância da Cobertura de Solo no Inverno | Por Dentro do Agro
Importância da Cobertura de Solo no Inverno | Por Dentro do Agro Importância da Cobertura de Solo no Inverno | Por Dentro do Agro Importância da Cobertura de Solo no Inverno | Por Dentro do Agro Importância da Cobertura de Solo no Inverno | Por Dentro do Agro

Importância da cobertura de solo no inverno

4 min de leitura

A finalização da colheita de verão permite calma no planejamento para o inverno. Neste momento, os investimentos em cultivos de grãos já estão definidos, mas a decisão por opções de cobertura de solo acaba sendo postergada. A Embrapa Trigo alerta […]

por Syngenta Digital
Importância da Cobertura de Solo no Inverno | Por Dentro do Agro Voltar
Importância da Cobertura de Solo no Inverno | Por Dentro do Agro
Fonte: Mais Soja

A finalização da colheita de verão permite calma no planejamento para o inverno. Neste momento, os investimentos em cultivos de grãos já estão definidos, mas a decisão por opções de cobertura de solo acaba sendo postergada. A Embrapa Trigo alerta para a importância de manter o solo coberto no inverno, preparando a base para os próximos cultivos de verão.

“A melhor safra de verão é preparada no inverno”. A afirmativa é do Chefe de Transferência de Tecnologia da Embrapa Trigo Jorge Lemainski. Segundo ele, a soja deixa o residual aproximado de 3,5 toneladas de raízes e palhas. Somando-se o pousio no inverno, com rebrote do azevém guacho (espontâneo), o volume de palha não chega a 6 toneladas, quando o ideal para um solo fértil seria entre 8 a 12 toneladas de material orgânico.

Comparação entre palhada de aveia e palhada de centeio
Fonte: Embrapa

De acordo com o pesquisador da Embrapa Trigo, Alfredo do Nascimento Junior, para reduzir os riscos com estiagens no verão, é preciso investir em culturas de inverno que ofereçam maior volume de palha. “Em experimento conduzido em Boa Vista das Missões, município ao noroeste do Rio Grande do Sul, observamos o melhor desenvolvimento da soja sobre palhada de centeio em comparação com a soja sobre palhada de aveia preta. A explicação é o volume de palha que cobriu completamente o solo durante o déficit hídrico nos meses de dezembro a janeiro”, conta Alfredo.

Da mesma forma, segundo o pesquisador, a escolha da cobertura deve considerar períodos de inverno rigoroso. “A geada afeta praticamente todas as culturas, mas algumas espécies, ou mesmo variedade, sofrem de forma diferente os efeitos da geada. Enquanto a aveia morre, o centeio continua em pé”, conta Alfredo. O pesquisador lembra de um experimento em Carazinho, RS, onde a produtividade do milho foi de 7 toneladas por hectare (t/ha) sobre aveia preta, mas chegou a 13 t/ha quando cultivado sobre ervilhaca.

No trabalho de pesquisas com cereais de inverno, a Embrapa Trigo desenvolve diversos experimentos com culturas como trigo, cevada, centeio, triticale, aveia e canola, além de culturas de verão como milho e soja, e opções de forragem animal. Para garantir a cobertura no inverno e a recuperação de solos degradados, uma das principais alternativas é o centeio, espécie rústica, bem adaptada a solos fracos e arenosos.

Saiba mais assistindo ao vídeo abaixo:

“Em função da monocultura da soja – até o milho está sumindo das lavouras – encontramos dificuldade para adquirir sementes de cobertura. Mas a demanda fomenta a produção e podemos aguardar um colapso do sistema baseado na monocultura. Quando o produtor começar a avaliar perdas e ganhos na produção de grãos, acredito que voltaremos a acreditar na importância das plantas de cobertura”, conclui Alfredo do Nascimento Junior.

Fonte: Mais Soja

Leia também: “No Momento E Local Certo: Como Fazer Aplicação Em Taxa Variável De Defensivos?”Acompanhe nossas redes sociais em Facebook, Instagram, LinkedIn e Youtube.

Leia mais da categoria:

Home office no agro com pandemia da COVID-19

Agronegócio e coronavírus: como se reinventar

O texto que fiz mês passado sobre o agronegócio em tempos de coronavírus me rendeu muitos feedbacks. Acho que poucos textos, desde que iniciei a escrever aqui, trouxeram tanta interação com os leitores como esse. Nele, usei a expressão “o […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura
helicoverpa armigera

Monitoramento de pragas: Helicoverpa armigera

*por Bruno Cunha, engenheiro agrônomo e consultor da Strider* O sucesso na produção agrícola envolve diversas atividades durante a safra. Desde o planejamento de plantio à colheita, os produtores rurais buscam por estratégias eficientes que sejam economicamente viáveis, ambientalmente sustentáveis […]

Leia na íntegra
Posts
4 min de leitura
sistema de alertas

Gestão financeira no Cropwise Protector

As ferramentas digitais otimizam diversas operações da fazenda, sobrando tempo para análises de dados que geram decisões mais assertivas e ágeis. Além de suportar o gerenciamento das atividades na lavoura e o monitoramento de pragas e doenças, o Cropwise Protector tem funções de gestão financeira que tornam o processo rápido e […]

Leia na íntegra